ANVISA suspende lotes de remédio contra o HIV

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu na última quarta-feira, 26 de outubro, a distribuição do antirretroviral Lamivudina 10mg, solução oral, por suspeita de desvio de qualidade. A resolução foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo a nota, a Anvisa “determina, como medida cautelar de interesse sanitário, a suspensão dos lotes 0208, 0209, 0210, 0233, 0234 e 0242, fabricados pela Indústria Química do Estado de Goiás (IQUEGO).”

O diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Dirceu Greco, informou que cerca de 2700 pacientes fazem uso deste remédio no Brasil, sendo que cerca de 50% deles podem ter tomado as soluções com suspeita de desvio de qualidade. “Parece que em alguns frascos, quando eram agitados, formavam substâncias mais condensadas, que logo depois se dissolviam. A primeira atitude que tivemos foi retirar esses lotes do mercado, e agora eles estão em análise”, explicou.

Dr. Dirceu disse que não houve nenhum relato de efeitos colaterais provocados pela ingestão desses medicamentos.

Fonte Agência de Notícias da Aids

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *