Tailândia proíbe Exército de classificar transgêneros como doentes mentais

Militares da Tailândia estão proibidos de categorizar transgêneros como doentes mentais. A decisão de foi estabelecida por um tribunal do país nesta terça-feira, 13 de setembro. O Exército tailandês recruta rapazes com mais de 18 anos, mas desqualifica transgêneros dizendo que eles possuem “uma doença mental permanente”.

Transexuais na Tailândia já trabalhavam como aeromoças, agora, também no exército

O tribunal julgou a ação depois que uma transexual questionou o método dos militares em 2006, defendendo que a expressão manchava sua dignidade. Grupos ativistas das questões que envolvem a comunidade LGBT na Tailândia comemoraram a vitória judicial.

Mesmo com a posicionamento das forças armadas da Tailândia, o país é reconhecido por sua tolerância em relação a travestis e transexuais. Um concurso de beleza dedicado a transgêneros acontece anualmente e é televisionado para todo o país.

No entanto, a Corte Central Administrativa de Bangcoc afirmou apenas que a categorização era ilegal e incorreta, sem intervir na recusa do Exército de permitir o ingresso de transgêneros.

Fonte: Sul 21, com informações da Associated Press

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *