morte digna

Argentina aprova lei da ‘morte digna’

Os parlamentares argentinos aprovaram, nesta quarta-feira, a lei chamada de “morte digna”, que permite ao paciente terminal ou em estado irreversível rejeitar tratamentos médicos que possam prolongar seu sofrimento ou “vida artificial”, conectada aos aparelhos. O texto, que já tinha sido aprovado em novembro pela Câmara dos Deputados teve aprovação por unanimidade pelos senadores. A […]