Salas com mais de 40 alunos poderão ter microfones

O Projeto de Lei 3757/08, do deputado Ricardo Quirino (PR-DF), determina que as salas de aula do ensino médio e superior com mais de 40 alunos tenham microfones para os professores. O objetivo é evitar os problemas de voz que costumam prejudicar a saúde desses profissionais e a qualidade do seu trabalho.

O parlamentar cita um estudo apresentado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 2006, por duas fonoaudiólogas: dos 259 professores entrevistados por elas, 62,9% afirmaram já ter sofrido problemas vocais, e mais de 15% disseram acreditar que precisarão mudar de ocupação no futuro justamente por causa de questões relacionadas à voz.

As causas apontadas por eles foram o uso excessivo e inadequado da voz e as condições impróprias de trabalho (por exemplo: salas com pouco acústica e um grande número de alunos, o que obriga os professores a forçarem as cordas vocais).

Afastamentos
Conforme ressalta o deputado, a perda de voz que segue a rouquidão pode obrigar um docente a ficar pelo menos uma semana afastado da classe. “Os danos atingem a qualidade do aprendizado: os alunos inicialmente têm dificuldade de entendimento por causa da voz prejudicada do professor e depois perdem aulas, ficam com matérias atrasadas e convivem com reposições não previstas no calendário original”, destaca Ricardo Quirino.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
– PL-3757/2008

Fonte: Agência Câmara

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *