Terapeuta cristã do Reino Unido pode perder a licença após prometer cura "gay"

Lesley Pilkington, 60,  terapeuta cristã pode ser afastada do cargo após falar a um repórter disfarçado, nesta semana, que poderia curá-lo da homossexualidade. A terapeuta disse ao jornalista Patrick Strudwick que sua orientação sexual era uma doença psicológica e que poderia ser curada desde que Patrick procurasse ajuda.

Reprodução.
O caso foi denunciado à Associação Britânica de Aconselhamento e Psicoterapia logo depois da visita do jornalista à terapeuta, em Hertfordshire, no Reino Unido. A psicóloga deverá se apresentar a um conselho de conduta profissional e pode perder o seu registro na Associação. Lesley está sendo apoiada pelo Christian Legal Center e acusa o repórter de ter gravado a conversa secretamente, sem o seu consentimento.

Esse tipo de terapia é considerada inútil por especialista de saúde, segundo eles o tratamento pode causar mais desgaste psicológico ao paciente, podendo afetar seriamente a saúde mental de quem procura pelo serviço. Em julho, no encontro anual da British Medical Association, a associação declarou que as terapias de “cura” são prejudiciais.

Com informações: Pink News.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *