Após denúncias de superfaturamento, Fortunatti troca direção da Carris

Cada plotagem dos ônibus da Carris para a Copa saiu 9.25 milI

O prefeito José Fortunati anunciou na tarde desta terça-feira, 13 de setembro, a mudança da diretoria da Companhia Carris Porto-alegrense. A partir desta quarta-feira, Sergio Zimmermann passa a ser o novo diretor-presidente da companhia, Vidal Pedro Abreu assume como diretor-financeiro e Carlos Alexandre Ávila será o diretor-técnico. Zimmermann deixa o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), onde atua como diretor-geral adjunto.

As alterações na empresa municipal foram anunciadas após reunião com a antiga diretoria. “Tomei esta decisão para que o município seja preservado, garantindo total transparência nas investigações que estamos iniciando”, enfatizou o prefeito, lembrando que a companhia foi alvo recente de duas denúncias.

Para Fortunati, é importante destacar que as providências não refletem qualquer condenação dos antigos diretores. “Ainda é muito cedo para fazermos qualquer afirmação. O importante é propiciar o ambiente mais transparente para o desenvolvimento do trabalho da companhia e do processo de sindicância”, destacou.

A Companhia Carris pode ter programado pagamentos por preços superiores aos do mercado pela pintura de 12 ônibus com motivos alusivos à Copa do Mundo de 2014. Uma reportagem exibida pela RBS TV na noite de ontem mostrou que o valor previsto para a decoração externa de cada veículo, de R$ 9,25 mil, contratado sem licitação, corresponde a quase duas vezes e meia os 3,8 mil propostos por outra empresa.

A emissora apresentou os valores com base em e-mails trocados por diretores e gerentes da Carris, aos quais teve acesso. Por isso, o prefeito decidiu pelo afastamento dos três diretores da empresa, inclusive o presidente João Pancinha, que foi substituído por Sérgio Zimmermann.

Em diferentes entrevistas, os diretores afastados sustentaram que não houve licitação porque a empresa que começou a prestar o serviço já era contratada da Carris. Admitiram, no entanto, algum erro no processo que previu o custo de R$ 9,25 mil. Tanto que o serviço e os pagamentos já estavam suspensos. Apenas dois ônibus estão pintados e circulando.

Os novos membros da companhia já são colaboradores da Prefeitura, o que para o prefeito garante que as atividades da empresa ocorreram com total tranqüilidade, sem nenhum impacto para o cidadão. “Estamos diante de profissionais muito qualificados, que ajudarão ainda mais esta empresa que presta tão necessários e reconhecidos serviços à cidade”, assegurou.

Sérgio Luiz Duarte Zimmermann é graduado arquiteto e urbanista pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Unisinos. Desde 2005, atua como diretor-geral adjunto e diretor de Obras do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP). Carlos Alexandre Ávila atuava como diretor de Trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), e Vidal Pedro Abreu é bacharel em Direito e coronel da reserva da Brigada Militar.

Na área pública, Zimmermman atuou na colaboração técnica em órgãos como Secretaria de Estado dos Transportes (97/98), Secretaria de Obras Públicas Saneamento e Habitação (95/96), Companhia de Habitação – Cohab (95), Secretaria do Interior, Desenvolvimento Regional e Urbano e Obras Públicas – SDO (89/89) e no Banco Nacional da Habitação – BNH (84/85). Foi assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado do RS (98/2003) e na Câmara de Vereadores de Porto Alegre (96/97).

Fonte: Jornal do Comércio

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *