Vacina contra aids apresenta resultados promissores

SÃO PAULO – Em um teste envolvendo mais de 16.000 adultos na Tailândia, vacina contra a infecção causada pelo HIV, vírus causador d aids, mostra resultados promissores.
Esta foi a primeira vez que uma vacina experimental demonstrou capacidade de prevenir infecções do HIV e, segundo dados divulgados pelo exército americano, principal patrocinador da pesquisa, a vacina é segura e 31% eficiente em evitar o contágio do HIV.

Os resultados são animadores, pois a aids, como se sabe, somente tem tratamento, mas ainda não foi encontrado nenhuma cura. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, mais de 33 milhões de pessoas estavam infectadas pelo HIV em 2007. Naquele ano, foram 2,7 milhões de novos casos, e dois milhões de mortes em decorrência da doença.

O estudo Thai Phase III HIV, também conhecido como RV144, começou em outubro de 2003 com voluntários das províncias tailandesas de Rayong e Chon Buri. Os 16.402 homens e mulheres tinham idades entre 18 e 30 anos e apresentavam diferentes níveis de risco para o contágio de HIV.

O grupo foi dividido em duas partes: uma testaria duas drogas experimentais, enquanto a outra receberia apenas um placebo – ou seja, uma vacina sem nenhum medicamento. As duas vacinas verdadeiras eram a ALVAC-HIV, desenvolvida pela empresa francesa Sanofi Pasteur, e a AIDSVAX B/E, desenvolvida pela americana Vaxgen Inc e licensidada pela Global Solutions for Infectious Diseases (GSID). As duas se baseiam no subtipo B e E do HIV, que normalmente circulam na Tailândia.

O grupo das duas vacinas, e seus respectivos grupos de placebo, receberam doses da vacina a intervalos específicos de tempo e, a cada seis meses, por um período de três anos, fizeram testes de HIV. A cada visita clínica, os voluntários eram novamente orientados na prevenção da doença.

Fonte: Info Abril

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *