SOMOS leva sua experiência em comunicação em saúde para Recife

O I Seminário sobre Comunicação em Saúde para Jovens Gays de Recife irá acontecer entre os dias 30 de maio e 1º de junho, no Hotel Onda Mar (Rua Ernesto de Paula Santos, 284, Boa Viagem) na capital de Pernambuco.

O  objetivo do evento é aprofundar o debate sobre estratégias de comunicação na prevenção das DST e aids e promover a troca de experiências. Por isso o jornalista Alexandre Böer, do Grupo SOMOS Comunicação, Saúde e Sexualidade, que é especialista na área, foi convidado.

A promoção é da Secretaria de Saúde do Recife, por meio da Coordenação de DST/AIDS e Hepatites Virais e conta com a parceria do Ministério da Saúde.

Durante a programação, o coordenador municipal das DST/Aids e Hepatites Virais, Acioli Neto, fará a abertura do evento e será o mediador da palestra HIV/Aids na População Gay Masculina, proferida pelo integrante do Departamento de DST/AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Gérson Fernandes. Ainda pela manhã, os expositores Alessandra Nilo, da ONG Gestos, Azael Cosme (GTP+) e Liandro Linder (do Grupo de Apoio à Prevenção da Aids de São Paulo), irão falar sobre As Experiências de Comunicação em Saúde para Populações Específicas. A moderadora será a jornalista da Fundação Oswaldo Cruz no Recife, Rita Vasconcelos.

À tarde, a partir das 14h, o jornalista Diogo Carvalho (Diario de Pernambuco) será o mediador da roda de conversa Comunicação Dirigida aos Jovens Gays, na qual farão parte Alexandre Böer (Somos/RS), Rildo Veras (Governo de Pernambuco) e Thiago Rocha (Instituto Papai). Por último, o tema será a Mídia Digital e a Juventude LGBT, cujos convidados para falar sobre o assunto serão os recifenses Adriano Paiva (do site Toda Forma de Amor), Caito Xis (do site Affair) e Fred Queiroz (do blog Babado Forte).

Entre os dias 31 de maio e 01 de junho, acontecerão em Recife Oficinas de Comunicação Dirigida para Jovens Gays com o objetivo de contribuir na produção de materiais de comunicação específicos para esse público, e ao mesmo tempo promover a discussão sobre a vulnerabilidade da juventude homossexual ao HIV e a Aids.

Ao todo serão 4 oficinas temáticas abordando os temas: Materiais temáticos para Web, Vídeo e Fotografia; Poética e Intervenção Urbana: textos e construções imagéticas (essas no dia 31); Introdução a Discotecagem e Vinhetas Eletrônicas; e o Universo Drag Queen: Formação Cultural e Espetáculo de Prevenção (no dia 01). No primeiro dia, as oficinas serão no mesmo hotel onde será realizado o seminário.

Já na sexta-feira, 1º de junho, as capacitações acontecerão na Boate Metrópole, na Boa Vista, sempre das 8h às 18h. À noite, a partir das 22h30min, todos os trabalhos produzidos pelos participantes serão expostos durante um coquetel que acontecerá juntamente com as atividades da casa noturna.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *