Show de Lady GaGa na Indonésia é cancelado por pressão dos radicais islâmicos

A força dos radicais islâmicos foi maior do que a de uma das maiores artistas pop do momento. Após um série de protestos, o show que Lady GaGa realizaria no dia 3 de junho na Indonésia foi cancelado.

A apresentação, que seria realizada na capital Jacarta, foi consideradas pelos islâmicos extremistas como uma representação da “fé de Satã”. Eles condenam as roupas e as atitudes da cantora norte-americana.

Bay Rafli, porta-voz da polícia da Indonésia, informou nessa terça (15) que Lady não recebeu autorização para apresentar o show da sua Born This Way Tour no país.

Alguns representantes do governo foram contrários a proibição. “Caso (esses grupos) se atrevam a cancelar shows com ideologia liberal e capitalista como Lady Gaga, também deveriam ser firmes contra a demonstração de ideologias do Oriente Médio”, declarou Ahmad Basah, membro da comissão de assuntos legais do Parlamento.

Cerca de 85% dos 240 milhões de habitantes da Indonésia seguem o islã. Mas a maioria deles são mulçumanos moderados e não radicais islâmicos. Ainda assim, esse grupo tem grande influência no país.

Mais de 60 mil ingressos já tinham sido vendidos para o show que Lady Gaga faria no estádio Bung Karno.

Em abril, a cantora americana sofreu protestos de grupos conservadores na Coreia do Sul. Mas, seu show em Seul foi realizado sem problemas.

Fonte: A Capa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *