Semana Experimental Urbana acontece de 7 a 13 de novembro em POA

Financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC) da Secretaria de Cultura do RS, a Semana Experimental Urbana começa nesta quarta, 7, e vai até a próxima terça, 13 de novembro. A iniciativa tem como objetivo promover a interação entre artistas e criadores transdisciplinares e as pessoas da cidade, e é formada por diversos projetos.

Um deles é Cartografias em Roxo, montado por Nina Barreto, de Brasília – DF, que trabalhará com a discriminação do feminino pela sociedade.

É uma ação colaborativa que consiste em um mapeamento coletivo. Propõe uma experienciação do espaço urbano por meio de uma psicogeografia (conceito desenvolvido por membros da Internacional Situacionista) direcionada por um afeto específico. O trabalho foi realizado na cidade de Brasília no ano de 2011. Tal proposta, psicogeográfica, convida pessoas de corpos efeminados (por imperatividade social – mulheres cisgêneras – ou não) a experimentar a cidade na casa do sensível em uma proposta estética. Estas pessoas serão convidadas a marcar com uma fita roxa os locais onde se sentem ameaçadas, desconfortáveis. Os locais são sinalizados pelo desconforto: a sinalização não se efetiva por certezas, senão por sentidos, subjetiva.

Nina explica que mulheres cis e trans, e homens vistos considerados efeminados, são discriminados pela sociedade, que vê tudo o feminino como inferior: “Um homem tem medo de ser assaltado, enquanto uma mulher tem medo de ser assaltada e estuprada por ser mulher, um homem efeminado tem medo de ser assaltado e espancado por ser efeminado, etc. Assim sendo, qualquer corpo efeminado , via de regra ou transgressão, está propenso a uma violência que tem em sua especificidade o fato ter como ativadora fundante a lógica binária do gênero, a qual tem papel fundamental na cultura da sociedade na qual estamos inseridxs.”

Para participar do projeto, entre em contato com Nina através do e-mail nina.f.barreto@gmail.com. Clique aqui para mais informações.

 Da Redação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *