Saúde de qualidade pode significar melhor desempenho escolar


O desempenho escolar de uma criança pode estar diretamente ligado às condições de saúde. Uma pesquisa realizada na USP buscou evidências para confirmar esta hipótese num estudo que envolveu 4.959 municípios brasileiros. O objetivo do economista Daniel Roland foi analisar o impacto da saúde sobre o desempenho escolar de alunos da quarta série do ensino fundamental, nos anos de 2005 e 2007, em todo o país.

A pesquisa realizada avaliou casos de dengue e foi constatado que em cidades com altos índices de infecção da doença o desempenho escolar das crianças foi mais baixo. Contudo, o economista alerta que a pesquisa ainda não pode ser considerada conclusiva. – Algumas cidades não possuíam informações precisas sobre a doença. Trabalhamos, então, com apenas 1.524 municípios. Quase todas as cidades da região Sul, por exemplo, ficaram fora da avaliação por terem poucos casos de dengue – revela o pesquisador.

Mesmo com os dados que considera ainda não conclusivos, Roland cita que nas cidades que tiveram surto de dengue no período pesquisado, o desempenho dos estudantes chegou a ser até 6% pior em relação a outros municípios. – Isso considerando a média de 180 pontos da Prova Brasil – lembra.

Fonte: Zero Hora

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *