Radialistas americanos são suspensos após ofenderem atleta transexual

Os comentários agressivos envolviam o retorno da transexual Gabrielle Ludwig (50) à liga universitária de basquete | Foto: Divulgação

Após fazerem piadas sobre uma jogadora de basquete transexual, dois radialistas de uma emissora americana afiliada à ESPN foram suspensos, informou o Terra na segunda-feira, 7.

Os comentários agressivos envolviam o retorno da transexual Gabrielle Ludwig (50) à liga universitária de basquete, onde já havia jogado como homem nos anos 80. Gabrielle fez uma cirurgia para mudança de sexo em julho de 2012.

Os comentarias Andy Pollin e Steve Czabanr caçoaram dos bíceps e das tatuagens da jogadora e referiam-se a Gabrielle como “ele” ou “ela”, porém, depois decidiram que o “o termo politicamente correto seria “isto” (it).

Czaba ainda disse que “o que quer que você faça para acabar com sua ânsia interior e para sufocar aqueles demônios interiores, tudo bem. Mas não vá jogar esportes depois. E não vá jogar esportes dizendo ‘tenho os mesmos direitos de todos os demais’”.

Mesmo tendo divulgado um pedido de desculpas, a emissora alegou que os comentaristas “passaram do limite” e seriam “temporariamente removidos” do ar.

Fonte: Sul 21

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *