Prostitutas de todo o Brasil promovem encontro em Porto Alegre

Pela primeira vez, capital gaúcha é sede de evento nacional que reunirá cerca de 80 profissionais do sexo e contará com o desfile da grife Daspu

Prostitutas de todo o Brasil se reúnem em Porto Alegre, de 8 a 10 de julho, para o V Encontro da Rede Brasileira de Prostitutas, organizado pelo Núcleo de Estudos da Prostituição (NEP), associação gaúcha de mulheres da vida. Realizado desde 1987, é a primeira vez que esse evento terá lugar fora do Rio de Janeiro. Porto Alegre tem sido nos últimos 20 anos uma importante referência do movimento de prostitutas na luta contra a violência, a AIDS, o estigma e a discriminação. O objetivo do encontro é avaliar, ampliar e qualificar as ações desenvolvidas pela Rede em sua luta pelo reconhecimento de direitos trabalhistas, direitos sexuais e melhores condições de vida e segurança.

Para aquecer a noite gaúcha e dar as boas-vindas à cidade que acompanhará o Encontro, foi preparado um sensual e divertido desfile da grife carioca Daspu, marca da ONG Davida, criada por Gabriela Leite (foto), que também estará presente. Será na casa de um dos mais amorosos e famosos frequentadores das gurias da Praça da Alfândega, o poeta Mario Quintana.

Às 18h30min do dia 8 de julho de 2010, mais de 15 homens e mulheres, entre profissionais e amadores do sexo de todo o Brasil, vestirão as charmosas roupas DASPU e desfilarão com toda a sensualidade que caracteriza a profissão. Elas dirão sim aos seus direitos fundamentais de ir-e-vir, trabalhar, lutar, sorrir e gozar. Um show-room móvel estará instalado na Casa de Cultura para quem quiser adquirir um pouco da experiência Daspu na própria pele. As putas voarão leves na casa do passarinho!

O V Encontro da Rede Brasileira de Prostitutas contará também com a presença de representantes dos poderes públicos locais, estaduais e federais em áreas como a saúde, o trabalho e os direitos humanos. Do mesmo modo, estarão presentes ativistas, pesquisadores, acadêmicos e intelectuais nacionais e estrangeiros que são aliados do movimento de prostitutas.

Serviço do V Encontro da Rede Brasileira de Prostitutas

Mesa de abertura: Quinta-feira, 8 de julho, de 17h às 18h, no 2º andar da Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736

Desfile Daspu: Quinta-feira, 8 de julho, às 18h30min, na Travessa dos Cataventos, térreo da Casa de Cultura Mario Quintana. Acesso livre

Debates: Sexta e sábado, 9 e 10 de julho, de 8h30min às 19h, no City Hotel – Rua José Montaury, 20 – Centro

2 thoughts on “Prostitutas de todo o Brasil promovem encontro em Porto Alegre

  1. Não sou contra prostitutas, são seres humanos como eu, mas fica difícil aceitar uma profissão que usa o corpo, sexualmente falando, para obter dinheiro. Os órgãos competentes deveriam investir na inserção dessas mulheres, homens, no mercado de trabalho, através de cursos profissionalizantes, ou algo parecido.

  2. Anônimo,
    Primeiramente, obrigada pelo seu comentário. É muito contar com a sua participação e discutir estas questões.

    Evidente que a maioria das prostitutas não fizeram uma escolha autônoma pela profissão, e sim foram empurradas pela força das circunstâncias.

    Nós acreditamos que é necessário lutar para que as profissionais do sexo tenham seus direitos trabalhistas reconhecidos para que tenham condições dignas de trabalho. As prostitutas são um grupo vulnerável e violentado em decorrência dessa clandestinidade.

    Quanto ao uso do corpo para ganho de dinheiro, é importante salientar que as profissionais do sexo não vendem o corpo, mas um serviço. Ao fazerem isso equiparam-se a um(a) massagista teraupêtica(o), um cabelereiro, uma manicure. O problema é que o sexo ainda é visto como algo sujo ou da esfera de uma intimidade quase sagrada.

    Por que não posso pagar por uma masturbação com a mesma tranquilidade que pago por uma drenagem linfática ou por qualquer massagem relaxante nas costas?

    Abraços,
    Patrícia Becker
    Núcleo Jurídico – SOMOS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *