Prêmio consagra "coloridos" e nova geração

Banda Cine

Os “coloridos” e a nova geração sairam consagrados da 17ª edição do Prêmio Multishow de Música Brasileira, que aconteceu na última terça-feira, 24 de agosto, na HSBC Arena. Se surpresas, os queridinhos da vez, levaram as principais premiações. A de melhor grupo ficou com a banda cine.

NXZero

. Cantores em início de carreira, como Maria Gadú (melhor álbum), Luan Santana (artista revelação) e NXZero (melhor clipe para a canção “Espero a minha vez”) foram premiados na noite de gala da música, que perdeu o charme dos anos anteriores, quando a premiação era no Theatro Municipal. A veterana Ana Carolina também foi premiada.

Claudia Leite com Victor

Nem todos os números musicais foram felizes. Enquanto Caetano Veloso e Maria Gadú arrasaram ao cantarem “Rapte-me, camaleoa”, o encontro de Claudia Leitte com Victor & Leo foi um desastre. Claudinha e a dupla escolheram o clássico “Pais e filhos”, da Legião Urbana, e decepcionaram a plateia que lotava o local.

No tapete vermelho, Fiuk causou frisson ao usar um modelito preto, em vez do colorido de sempre. Nos bastidores, o vocalista da banda Hori era só chamego com a namorada e se divertiu na companhia de Mariana Rios e Di Ferrero.

Luan Santana

Já Luan Santana parece estar disposto a colocar um fim nos boatos sobre sua sexualidade. O cantor surgiu com uma morena a tiracolo. Após a aparição, um e-mail enviado às redações fez suspense: “Quem é a garota misteriosa que apareceu com o cantor?”. Mas engana-se quem pensa que o rapaz ficou o tempo todo na cola da moça. Simpático, Luan atendeu as fãs e trocou figurinha com o ginasta Diego Hypólito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *