Polícia Federal abre inquérito para investigar caso de homofobia na UFCSPA

De Zero Hora.

A Polícia Federal (PF) abriu ontem inquérito para investigar caso de homofobia na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). A medida foi tomada após a ocorrência ter sido analisada pela Corregedoria da PF, e ficará a cargo da Delegacia de Defesa Institucional.

A investigação tentará identificar o autor (ou autores) dos textos homofóbicos e apócrifos enviados de uma conta de e-mail coletiva no fim de novembro, depois da eleição para o Centro Acadêmico da UFCSPA. Dois homossexuais integram a chapa vencedora do pleito. Os e-mails sugeriram que os futuros médicos não atendam pacientes gays ou façam de forma incorreta.

A reitoria da UFCSPA havia encaminhado ofício à PF pedindo abertura da investigação. também há um inquérito civil aberto pela Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos. Para a promotora Míriam Balestro, o episódio é “uma violação gravíssima dos direitos humanos”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *