Pela primeira vez na Malásia um filme contará com cenas gays

Dalam botol, ou “Na garrafa” em português, é um filme sobre um homem que sofre mudança de sexo em detrimento de seu relacionamento com seu parceiro. O filme não mostrará beijo ou cenas de nudez, porque são proibidos no país, no entanto a produtora Raja Azmi Raja Sulaiman disse que espera poder mostrar cenas de sexo masculino “com leves afagos” para os festivais internacionais de cinema. Estas cenas provavelmente não passarão pela censura na Malásia e devem ser cortadas para versões apresentadas por lá.

Os personagens gays em filmes eram proibidos no país, tanto é que o mais recente filme de Sacha Baron Cohen, “Bruno” criou conflito com os censores em 2009, porém no mês passado, a Malásia Film Producers Association anunciou mudanças, o que permitirá que personagens gays passem a serem mostrados, em contraponto aos cineastas que mostram a homossexualidade como sendo errada e causadora de consequências negativas.
Raja Azmi disse que os personagens de seu filme são baseados em pessoas que ela conhece. Ela disse à Associated Press: “Estamos assumindo um risco, estou muito nervosa. Nós ainda não sabemos se a censura vai permitir que o nosso filme seja mostrado”.
A Malásia tem regras estritas sobre a moralidade pública. A homossexualidade não é especificada como um crime, mas a Seção 377 do Código Penal proíbe a sodomia, que é punível com até 20 anos de prisão. A mesma lei ainda está em vigor em outras ex-colônias britânicas, como Cingapura, embora o Supremo Tribunal da Índia recentemente tenha derrubado a lei em Nova Déli. A Malásia também tem uma proibição de “atentado violento ao pudor com outra pessoa do sexo masculino”, com até dois anos de prisão para os culpados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *