Na China, prevenção do HIV, vírus causador da aids, passa por fase crucial

A falta de informação e de investimento financeiro determinam o momento crucial pelo qual passa o processo de prevenção e tratamento da aids na região Ásia-Pacífico. A conclusão foi apresentada nessa sexta-feira pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV e Aids (Unaids) na 10ª Conferência sobre a doença na Ásia-Pacífico, realizada em Pusan.

Segundo o relatório do Unaids, entre 2001 e 2009, os novos casos de infecção na região foram reduzidos de 450 mil para 360 mil. Porém, muitos países estão longe de chegar à meta prevista de popularização do conhecimento, tratamento, atenção e assistência aos pacientes.

Novos casos estão concentrados nos grupos de viciados de drogas, profissionais de sexo, homossexuais e transexuais. Medidas de proteção voltadas para as pessoas com alto risco de contaminação ainda não foram plenamente colocadas em prática. A discriminação a esses grupos e aos portadores do vírus da aids continua.
O relatório sugeriu um aumento do investimento por parte dos países da Ásia-Pacífico, especialmente aqueles com rendimento médio, para encarar o momento crucial.

Fonte: Rádio Internacional da China (CRI)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *