Muitas opções de diversão neste final de semana

Dança
Para quem gosta de dança, uma boa pedida é o espetáculo “Dar carne à memória II”, da coreógrafa Eva Shull, pioneira da dança no Estado, que afirma “quando o artista acha que já fez tudo é porque não fez nada”.

São as três últimas apresentações deste trabalho, sendo hoje, 18 de junho e amanhã, 19 de junho às 21h e no domingo, 20 de junho, às 20h. Este é o segundo espetáculo que recupera sua trajetória. São releituras de coreografias criadas por ela desde a década de 1960. Diferentemente do primeiro espetáculo, que teve jovens dançarinos e fez curta temporada há duas semanas, este conta com nomes experientes que trabalharam na Ânima Cia de Dança: Mônica Dantas, Eduardo Severino, Tatiana Rosa, Cibele Sastre, Luciana Paludo e a dupla Viviane Lencina e Luciano Tavares (este último casal na foto)

O terceiro eixo do projeto não será no palco. É a digitalização de documentos sobre a história da coreógrafa. Ainda não está decidido, mas o material poderá dar origem a livro, exposição ou DVD.

Aos 62 anos, Eva se considera uma “eterna insatisfeita”. Divide seu trabalho em fases. Passou pela dança-teatro, flertou com a cultura pop e hoje está interessada no corpo como linguagem, e não como narrativa. Agora pretende retomar os trabalhos da Ânima Cia de Dança – atualmente sem atividade – com jovens bailarinos.

Os ingressos estão à venda no local (av. Érico Veríssimo, 307) a partir de uma hora antes do início do espetáculo.

Balada
Nessa sexta dia 18, às 21hs tem Oitentalha no Café da Oca (Rua João Telles, 512), que promete muito
rock’n’roll dos anos 80.
Ingressos: R$12,00 (ou R$10,00 no nomenalista@cafedaoca.com.br )
Informações: 51 3023 3538

Mas quem busca algo mais hard, sugerimos o Cabaret Indiscretus (Rua Ernesto Alves, 169). As sextas é o dia do garçon pelado.

No sábado, 19 de junho, no Cine-Theatro Ypiranga terá a POP Rádio com Maria Helena Castanha, Rafaela Face e Suzzy B.

Teatro
E não dá para esquecer que nos dias 24 a 27 no Teatro São Pedro teremos Calígula, com Thiago Lacerda. É certo que não será como a primeira montagem que trazia a nudez de Edson Celulari, mas quem quiser conferir esta tem que se adiantar, porque os ingressos já estão à venda.Com tradução de Dib Carneiro Neto e direção de Gabriel Villela, a peça traz no elenco Thiago Lacerda (Calígula), Magali Biff (Cesônia), Cláudio Fontana (Cherea), César Augusto (senador romano e Ruffius, o poeta), Rogério Romera (Hélicon), Pedro Henrique Moutinho (Scipião, poeta) e Helio Souto Jr. (intendente do tesouro romano e Metellus, poeta).

Escrita em 1942 por Albert Camus (Prêmio Nobel de Literatura por sua obra em 1957), a peça é a história de Gaius Caesar Germanicus, conhecido por Calígula, terceiro imperador romano, reinante entre 37 e 41, que ficou conhecido pela sua natureza extravagante e por vezes cruel.

Quem tem medo de Virgínia Wolff“, a peça mais conhecida do dramaturgo gay Edward Albee, pode ser vista gratuitamente na Sala Alziro Azevedo, do Departamento de Arte Dramática, da UFRGS (Rua Ernesto Alves, 169) nos próximos dias 23 de junho e 30 de junho, sempre em dois horários: as 12h30min e 19h. Veja a programação completa do Departamento de Difusão Cultural da UFGS aqui

DVD
Chegou às locadoras o filme “Corações Loucos“, de 1974, dirigido por Bertrand Blier. O filme chegou a ser considerado a versão francesa de Laranja Mecânica e que fez despontar os atores Gérard Depardieu, Patrick Dewaere e Miou-Miou.
O filme tem ainda a trilha sonora original de Stéphane Grappelli e traz duas participações especiais pelo caminho: Jeanne Moreau e Isabelle Huppert no papel de uma adolescente que vê em Jean Pierrot e Marie a chance de romper as amarras da repressão familiar.

No próximo dia 21 de junho, as 19h na Sala Redenção, em sessão única e gratuita o filme chinês “Felizes Juntos” (Happy Togheter).

O diretor Wong Kar-Wai, uma das revelações do cinema do extremo Oriente, levou o prêmio de direção em Cannes em 1997 por este filme, um drama incomum sobre a solidão e o estranhamento
A trama é centrada em dois gays, Yui-fai (Tony Leung Chiu-Wai) e Po-wing (Leslie Cheung), que viajam de Hong Kong a Buenos Aires à procura das Cataratas do Iguaçu, uma espécie de quimera para uma nova vida.

Manifestação
No domingo, 27 de junho é o dia da terceira Parada Comunitária Maria da Conceição

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *