Madonna contra gay bullying

Madonna enviou mensagem de apoio a jovens homossexuais após onda de suicídios e fala sobre sua época no ensino médio, no programa de Ellen DeGeneres.

A cantora é mais uma celebridade a enviar mensagens de apoio a adolescentes gays, vítimas de bullying, que, em diversos casos acabam em casos de suicídio nos EUA.

A cantora participou do programa de Ellen DeGeneres, apresentadora abertamente homossexual, na última terça, 9 de novembro, via satélite. “Eu não teria uma carreira se não fosse pela comunidade gay”, disse Madonna.

A popstar também revelou ter enfrentado problemas na época do ensino médio. “Não me sentia incluída em nenhum grupo, me sentia como uma estranha”, disse, atribuindo a seu professor homossexual de balé o apoio que a fez se sentir mais segura e confortável quando adolescente. “Todos deveria ter alguém em suas vidas para servir de inspiração e encorajamento”, finalizou.

Campanha

Para tentar conter a onda de suicídios entre jovens homossexuais, diversos artistas da música se mostraram contra o bullying de homossexuais. Alguns gravaram depoimentos de encorajamento para a campanha It Gets Better, projetada para dar apoio a adolescentes gays. Entre os artistas que participam estão Adam Levine, do Maroon 5 e Chris Colfer, ator da série musical Glee.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *