Lésbicas de Teresina realizam o primeiro casamento em praça pública do país

Foi realizado no inicio da tarde da última segunda-feira, 16 de maio, a primeira união homoafetiva lésbica em praça pública do Piauí. A cerimônia que simbolizou um casamento aconteceu na Praça João Luís Ferreira, no centro de Teresina. O casal Lígia Helena Ferreira e Anízia Teixeira Silva é o primeiro do país a oficializar a união em um logradouro público.

“No Piauí alguns casais homossexuais já oficializavam sua união através de um contrato social. Antigamente esse ato era registrado como títulos e documento. Agora, com a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), os casais podem oficializar uma união estável e passam a ter os mesmos direitos de um casal hetero.”, disse Fernanda Sampaio, tabeliã do cartório Themístocles Sampaio.

Fernanda Sampaio (foto abaixo) fala ainda sobre o pioneirismo do Piauí e o interesse dos casais homoafetivos piauienses em oficializar as uniões. “Desde que o STF reconheceu a união entre os casais homossexuais, muita gente tem ligado para o cartório em busca de informações, querendo saber como fazer para oficializar a união com o companheiro. Hoje estamos realizando primeiro casamento lésbico em praça pública do Brasil. Estamos sendo pioneiros neste tipo de ação”.

Antes da oficialização da união, Lígia Ferreira e Anízia Teixeira se diziam bastante nervosas e ao mesmo tempo orgulhosas em casar diante de centenas de Teresinenses.

“Estamos muito felizes e ao mesmo tempo muito nervosas. Decidimos casar em praça pública para quebrar todo e qualquer tipo de preconceito. Agradecemos ao pessoal do cartório, em especial à doutora Fernanda Sampaio por ter aceitado a nossa proposta de realizar o casamento aqui diante de várias pessoas”, disse Lígia Ferreira.

Além do casamento de Ligia e Anízia, foi oficializada ainda a união estável entre Marinalva Santana, uma das fundadoras do Grupo Matizes, e a funcionária pública Lúcia Costa. As duas já possuíam um contrato social e nesta segunda regularizaram a união.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *