Lei do aborto entra em vigor na Espanha

Em Espanha, entraou em vigor a nova lei do aborto.

Desde 5 de julho, as mulheres que decidirem interromper a gravidez até à 14 semana de gestação podem fazê-lo sem precisarem de apresentar qualquer motivo.

A partir das 22 semanas o aborto está autorizado apenas em casos de risco para a saúde física ou psíquica.

A polémica lei provocou uma onda de contestação, sobretudo dos setores mais conservadores.

A porta-voz de uma clínica de interrupção voluntária da gravidez defende a normativa e pede respeito.

“Leis assim não forçam ninguém a abortar. Por isso deve-se respeitar as mulheres que precisam abortar em vez de enfrentar uma cruzada, impedindo as mulheres que necessitam interromper a gravidez”, diz Empar Pineda.

Depois de aceitar o pedido de recurso do Partido Popular espanhol, na oposição, o Tribunal Constitucional analisa agora a validade da normativa.

Um dos pontos mais criticados é a idade fixada para abortar: 16 anos, sem ser necessário informar os pais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *