Hoje é dia de Orgulho e de combate

Alexandre Thomé Ivo Rojão, (foto ao lado) um adolescente de 14 anos, foi sequestrado, torturado e assassinado com asfixia mecânica, tendo sido enforcado com a própria camisa, além de ter sido agredido com pedras, pedaços de madeira e ferro, evidenciadas pelas graves lesões apresentadas no crânio do jovem.

O delegado Geraldo Assed, da 72ª Delegacia de Pplícia, de Mutuá, suspeita que o crime tenha sido praticado por skinheads e motivado por intolerância a orientação sexual. Segundo o Delegado, este grupo de skinheads já tinha perseguido o jovem anteriormente e eles promovem ações de ódio, inclusive através de mídias sociais como o orkut.

Alexandre Rojão fazia parte do Grupo Gay Atitude de São Gonçalo – RJ. Ele saiu no domingo, 20 de junho, para ver o jogo do Brasil na casa de amigos, os quais teriam se envolvido numa briga. A turma do jovem registrou queixa na delegacia e depois o grupo voltou para festa. As 2h30min Rojão voltava para casa quando foi surpreendido e interceptado, culminando no brutal assassinato. Seu corpo foi deixado num terreno baldio.

Em entrevista ao RJTV, a mãe inconformada, D. Angélica (foto ao lado), segurava o retrato do menor e dizia sobre o horror de ver o rosto do filho totalmente desfigurado, no momento de reconhecer o cadáver no IML, e da crueldade dos assassinos.

D. Angélica pediu justiça e alegou que não pode passar despercebido esse crime. “… agente tem que ser livre… , as pessoas tem que ter o direito de ir e vir, não interessa se voce gosta de vermelho, eu gosto de laranja e ele gosta de branco”.

A ausência de lei que criminalize o crime de ódio contra homossexuais é um incentivo para que bárbaros pratiquem crimes brutais como este. Que pese na consciência dos Senadores da República que se omitem e são contrários ao projeto de lei 122/2006 este crime!!!

Uma lei penal não muda o pensamento homofóbico de uma sociedade preconceituosa, mas seu caráter punitivo e preventivo, serve ao menos como recado de severa punição pelo Estado para animais criminosos como estes.

Ao se negar legislar, se omitindo, o Estado manda recado oposto para esses vândalos.

One thought on “Hoje é dia de Orgulho e de combate

  1. Infelizmente, não será o último crime de ódio e intolerância em nosso País. Por isso, a importância de um dia como o de hoje. Dia de comemoração, luta e CONSCIENTIZAÇÃO. Bom seria se o dia fosse apenas para comemorar a diversidade. Infelizmente, algumas pessoas acham que o Dia do Orgulho LGBT não se justifica. Alguns dizem que é um dia que reforça a vitimização de um determinado grupo em busca de regalias. Daí surgem projetos como o que visa criminalizar a "heterofobia". Devemos estar atentos sempre. Viva o amor. Viva a diversidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *