Grande vencedor do Close – Festival de Cinema da Diversidade Sexual volta em cartaz em Porto Alegre

Depois de receber sete prêmios, sendo reconhecido tanto pela premiação oficial, como pelo júri popular
do CLOSE – Festival Nacional de Cinema da Diversidade Sexual promovido pelo SOMOS Pontão de Cultura LGBT, o filme “Eu Não Quero Voltar Sozinho“, de Daniel Ribeiro, volta em cartaz em Porto Alegre.

O filme apresenta a inocência da descoberta do amor entre dois adolescentes gays – Leonardo (Guilherme Lobo), um deficiente visual que muda de vida totalmente com a chegada de Gabriel (Fabio Audi), um novo aluno em sua escola. Ele será exibido com entrada franca dentro da programação da 5ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, uma realização da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com produção da Cinemateca Brasileira e patrocínio da Petrobras por meio da Lei Rouanet.

Outro destaque da programação é o filme XXY, que aborda o tema da transexualidade e que venceu o Prêmio da Semana da Crítica de Cannes em 2007.

A programação reunirá 41 filmes e acontece em 20 capitais, sendo Porto Alegre de 23 a 28 de novembro. Todos os filmes que compõem a mostra abordam diferentes questões referentes aos Direitos Humanos, produzidas recentemente nos países sul-americanos. Os filmes aboradam o direito à terra, ao trabalho, à inclusão social, à diversidade étnica, à diversidade religiosa, à solidariedade intergeracional da cidadania LGBT, o direito à memória e à verdade, direitos dos povos indígenas, das pessoas com deficiência, da pessoa idosa, da criança e do adolescente, da população carcerária, da população afrodescendente e dos refugiados.

Programação 5ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul
23/11 – TERÇA-FEIRA
10h: KAMCHATKA – Marcelo Piñeyro (Argentina/ Espanha/ Itália, 103 min, 2002, fic). Classificação indicativa: livre
15h: A BATALHA DO CHILE II – O GOLPE DE ESTADO – Patricio Guzmán (Chile/ Cuba/ Venezuela/ França, 90 min, 1975, doc). Classificação indicativa: 12 anos
17h: A VERDADE SOTERRADA – Miguel Vassy (Uruguai/ Brasil, 56 min, 2009, doc)
ROSITA NÃO SE DESLOCA – Alessandro Acito, Leonardo Valderrama (Colômbia/ Itália, 52 min, 2009, doc). Classificação indicativa: 12 anos
19h – Sessão de Abertura ABUTRES – Pablo Trapero (Argentina/ Chile/ França/ Coréia do Sul, 107 min, 2010, fic).Classificação indicativa: 16 anos

24/11 – QUARTA-FEIRA
10h: HÉRCULES 56 – Silvio Da-Rin (Brasil, 94 min, 2006, doc). Classificação indicativa: 12 anos
13h – Audiodescrição AVÓS – Michael Wahrmann (Brasil, 12 min, 2009, fic)
ALOHA – Paula Luana Maia, Nildo Ferreira (Brasil, 15 min, 2010, doc)
CARRETO – Marília Hughes, Claudio Marques (Brasil, 12 min, 2009, fic)
EU NÃO QUERO VOLTAR SOZINHO – Daniel Ribeiro (Brasil, 17 min, 2010, fic)
* Sessão com audiodescrição para público com deficiência visual. Classificação indicativa: 12 anos

15h: DIAS DE GREVE – Adirley Queirós (Brasil, 24 min, 2009, doc)
PARAÍSO – Héctor Gálvez (Peru/ Alemanha/ Espanha, 91 min, 2009, fic). Classificação indicativa: 12 anos
17h: CARNAVAL DOS DEUSES – Tata Amaral (Brasil, 9 min, 2010, fic)
MEU COMPANHEIRO – Juan Darío Almagro (Argentina, 25 min, 2010, doc)
LEITE E FERRO – Claudia Priscilla (Brasil, 72 min, 2010, doc). Classificação indicativa: 16 anos

19h: VIDAS DESLOCADAS – João Marcelo Gomes (Brasil, 13 min, 2009, doc)
PERDÃO, MISTER FIEL – Jorge Oliveira (Brasil, 95 min, 2009, doc). Classificação indicativa: 14 anos

25/11 – QUINTA-FEIRA
10h – Audiodescrição – PRA FRENTE BRASIL – Roberto Farias (Brasil, 105 min, 1982, fic)
* Sessão com audiodescrição para público com deficiência visual. Classificação indicativa: 14 anos

15h: ALOHA – Paula Luana Maia / Nildo Ferreira (Brasil, 15 min, 2010, doc)
AVÓS – Michael Wahrmann (Brasil, 12 min, 2009, fic)
CINEMA DE GUERRILHA – Evaldo Mocarzel (Brasil, 72 min, 2010, doc). Classificação indicativa: 12 anos
A CASA DOS MORTOS – Debora Diniz (Brasil, 24 min, 2009, doc)
CLAUDIA – Marcel Gonnet Wainmayer (Argentina, 76 min, 2010, doc). Classificação indicativa: 14 anos

19h: GROELÂNDIA – Rafael Figueiredo (Brasil, 17 min, 2009, fic)
MUNDO ALAS – León Gieco, Fernando Molnar, Sebastián Schindel (Argentina, 89 min, 2009, doc).
Classificação indicativa: 12 anos

26/11 – SEXTA-FEIRA
10h: MÃOS DE OUTUBRO – Vitor Souza Lima (Brasil, 20 min, 2009, doc)
JURUNA, O ESPÍRITO DA FLORESTA – Armando Lacerda (Brasil, 86 min, 2009, doc). Classificação indicativa: 12 anos

15h: HALO – Martín Klein (Uruguai, 4 min, 2009, fic)
ANDRÉS NÃO QUER DORMIR A SESTA – Daniel Bustamante (Argentina, 108 min, 2009, fic). Classificação indicativa: 12 anos

17h: MARIBEL – Yerko Ravlic (Chile, 18 min, 2009, fic)
O QUARTO DE LEO – Enrique Buchichio (Uruguai/ Argentina, 95 min, 2009, fic). Classificação indicativa: 14 anos.

19h: O FILHO DA NOIVA – Juan José Campanella (Argentina/ Espanha, 124 min, 2001, fic). Classificação indicativa: livre

27/11 – SÁBADO
11h: DOIS MUNDOS – Thereza Jessouroun (Brasil, 15 min, 2009, doc)
AMÉRICA TEM ALMA – Carlos Azpurua (Bolívia/ Venezuela, 70 min, 2009, doc). Classificação indicativa: 12 anos

15h: CARRETO – Marília Hughes, Claudio Marques (Brasil, 12 min, 2009, fic)
BAILÃO – Marcelo Caetano (Brasil, 17 min, 2009, doc)
DEFENSA 1464 – David Rubio (Equador/ Argentina, 68 min, 2010, doc). Classificação indicativa: 12 anos

17h: O ANO EM QUE MEUS PAIS SAÍRAM DE FÉRIAS – Cao Hamburger (Brasil, 110 min, 2006, fic)
Classificação indicativa: 10 anos

19h: EU NÃO QUERO VOLTAR SOZINHO – Daniel Ribeiro (Brasil, 17 min, 2010, fic)
IMAGEM FINAL – Andrés Habegger (Argentina, 94 min, 2008, doc). Classificação indicativa: 12 anos

28/11 – DOMINGO
11h: ENSAIO DE CINEMA – Allan Ribeiro (Brasil, 15 min, 2009, fic)
108 – Renate Costa (Paraguai/ Espanha, 91 min, 2010, doc)
Classificação indicativa: 12 anos

15h: VLADO, 30 ANOS DEPOIS – João Batista de Andrade (Brasil, 85 min, 2005, doc). Classificação indicativa: 14 anos

17h: A HISTÓRIA OFICIAL – Luis Puenzo (Argentina, 114 min, 1985, fic). Classificação indicativa: 12 anos

19h: XXY – Lúcia Puenzo (Argentina/ França/ Espanha, 86 min, 2006, fic). Classificação indicativa: 16 anos

Mostra Direitos Humanos: Entrada franca
* O formato de exibição dos filmes é beta analógica
Agendamento de grupos para programação regular ou horários especiais
Confira a possibilidade de transporte gratuito no telefone 51 3287.5940
Programação sujeita a alterações
85 lugares – Dolby Digital – Ar-condicionado
Acesso para portadores de necessidades especiais

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *