França vai permitir que homens homossexuais doem sangue, anuncia ministra

Foto: Elza Fiúza/ABr

A França autorizará homens homossexuais a serem doadores de sangue, o que até hoje não era permitido no país por acreditar-se que havia um risco superior de contaminação de aids. A afirmação foi feita nesta quinta-feira, 14 de junho, pela ministra da Saúde, Marisol Touraine, dentro das ações do Dia Mundial do Doador de Sangue. “O critério não pode ser a orientação sexual”, afirmou a ministra, acrescentando que “isso por si não constitui um risco”. A titular da pasta de Saúde argumentou que, no entanto, “a grande varidade de relações e de parceiros constitui um fator de risco, seja qual for a orientação sexual ou o gênero da pessoa”. Entidades de defesa dos homossexuais da França reivindicavam há anos a mudança, alegando que se tratava de uma forma de discriminação. A justificativa para não permitir as doações de sangue de homossexuais se baseava na maior porcentagem de soropositivos que se registra em pessoas do grupo.

Fonte: Sul 21

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *