FINAL DE SEMANA TEM PARADA LIVRE E MARCHA LÉSBICA

DSC_0545eCom o tema “Todo Corpo é Político”, a 18ª. PARADA LIVRE celebra sua maioridade. O evento que já se constitui como um dos mais populares da cidade de Porto Alegre, comemora seus 18 anos no próximo domingo, dia 23/11, na Redenção, a partir das 14h. Conjuntamente acontece a 8ª MARCHA LÉSBICA, que caracteriza a Luta das Mulheres Lésbicas e bissexuais nas Ruas de Porto Alegre.

Organizada pelo movimento social LGBT, a Parada Livre tem ampliado sua importância ano a ano e se constituído como um dos maiores eventos populares e de reivindicação política do estado, levando milhares de participantes às ruas. Na pauta principal da manifestação está a livre expressão da sexualidade, a ampliação e consolidação de direitos LGBT e a criminalização da homo-lesbo-transfobia. O tema deste ano faz alusão às forças presentes nos corpos como identidade política e da força da mobilização em grupo, manifestada na multidão que compõe o evento.

Programação para todos os gostos

Diversificada, a programação da 18ª. Parada Livre contou este ano com diversas atividades. A ações iniciaram no dia 07/11, com participação no “IV SEMINÁRIO DIVERSIDADE SEXUAL” do NUPSEX e no último domingo, dia 16/11, promovendo debate após o espetáculo “Os Homens do Triângulo Rosa”, da Cia Teatro ao Quadrado. Segue em cartaz, também, até o dia 30/11, a exposição“A PARADA EXPOSTA – 18 anos expressando liberdades”, reunindo momentos e personalidades marcantes dos 18 anos do evento. Na segunda, 17/11, 19h, aconteceu a exibição especial do filme “Castanha” seguida de debate e no sábado, dia 22/11, acontece a “1ª. Pedalada Montada”, encontro temático de cicilistas drag queens e performáticos, com concentração no Largo Zumbi dos Palmares, a partir das 17h, com apoio do coletivo Mobicidade.

No domingo, a concentração para o ato político inicia-se a partir das 14h com apresentações artísticas e culturais, na Redenção. Este ano, o evento conta com novo trio de apresentadoras formado pelas artistas transformistas Gloria Crystal, Charlene Voluntaire e Cassandra Calabouço. Também como novidade, esta edição traz como destaque artístico, além das atrações de Arte Transformista, DJs representativos da cena cultural LGBT da cidade. Juntamente à Parada, acontece a 8ª. edição da Marcha Lésbica, com caminhada prevista para às 17h, abrindo o desfile.

A Parada Livre é organizada por um coletivo de grupos formado por Nuances, SOMOS, LBL, G8-Generalizando e Criolos e conta com apoio da prefeitura de Porto Alegre e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, entre outros parceiros.