Feministas de todo o Brasil vão se encontrar para discutir como transformar o mundo

II Encontro Nacional da Articulação de Mulheres Brasileiras. Brasília – DF, 30 e 31 de Março, 01 e 02 de Abril de 2011. Enamb 2011 – Construindo o nosso feminismo. 


A convocatória para o II Encontro Nacional da AMB foi lançada em março de 2010 e desde então o Encontro está sendo construído, com várias atividades nos estados: atos de lançamento, atividades para arrecadação de fundos e debates políticos preparatórios promovidos pelos agrupamentos que compõem a AMB. Esses debates ocorreram em torno de quatro eixos temáticos mobilizadores: O jeito que o mundo está e o que queremos transformar; olhares feministas sobre a situação das mulheres; Juntando gente para mudar o mundo; e Nossas lutas feministas.

Com base nas reflexões do período preparatório, que durou alguns meses, a comissão de metodologia do Encontro, em diálogo com a Coordenação Nacional da AMB, elaborou uma proposta de temas. Essa elaboração foi debatida no Comitê Político Nacional, que aprovou os temas do Encontro 2011, conforme a seguir.

Programa de Debates

30 de Março de 2011 – Expressões do Feminismo da AMB.
– Com este tema orientador ocorrem, a partir das 13h do dia 30, o ato político e a ação de rua que marcam o início do Encontro 2011, em Brasília. Haverá três atos: na rua, no Congresso Nacional e o último entre as participantes, no local de alojamento coletivo, quando as delegações se encontrarão.

31 de Março de 2011 – Atuação da AMB frente ao novo governo, no contexto de crise global.
– Em doze grupos de trabalho, pela manhã, debateremos o contexto e indicativos para a linha de atuação da AMB, considerando a relevância de termos uma mulher presidenta, a diretriz central do novo governo, que é o combate à pobreza e a política desenvolvimentista que agrava a crise ambiental e social. Os debates se encerram à tarde, na forma de plenárias sucessivas, com a contribuição de expositoras dos grupos e debatedoras.

01 de Abril de 2011 – 30 anos de feminismo transformando o mundo.
– Novamente em doze grupos de trabalho, faremos pela manhã um balanço de nossas lutas, um diálogo sobre os desafios que precisamos enfrentar, considerando as dimensões do feminismo da AMB: anti-racista, anti-capitalista e anti-patriarcal. À tarde: plenárias, com a contribuição de expositoras dos grupos e debatedoras.

02 de Abril de 2011 – Questões político-organizativas da AMB.
– Trabalhos em grupos, ao início da manhã, tratando de doze questões político-organizativas relevantes para a nossa agenda. Os resultados formarão o Painel de Propostas, ou seja, um conjunto de indicativos a serem considerados no planejamento da ação da AMB.

OUTRAS ATIVIDADES

Além das atividades distribuídas nos temas, haverá intervenções político-culturais nos intervalos das plenárias, que ocorrem nas tardes dos dias 31 de março e 1 de abril.

Também nesses intervalos estão previstos lançamentos de ações coletivas e publicações:
– Balanço Nacional de Políticas para Mulheres 2003-2010
– AMB na Marcha das Margaridas 2011
– Campanha da AMB contra a violência
– Publicação AMB, um jeito de ser e fazer feminismo.

Estão previstas também oficinas e reuniões autogestionadas, com espaço reservado na noite do segundo dia, 31 de março. Por fim, destacamos a mostra de produtos das mulheres, espaço que funcionará em paralelo às plenárias dos dias 31 de março e 1 de abril.

Credenciamento
A partir das 16h do dia 30 de março de 2011 até as 18h do dia 31 de março de 2011.
No credenciamento, as participantes receberão o programa do encontro, informações de alojamento, poderão fazer a compra dos vales-refeição e também inscrever apresentações, reuniões e oficinas.

Locais de atividades
Todas as atividades do II Encontro acontecerão no Centro Comunitário da Universidade de Brasília (UnB). Estaremos abrigadas sob um grande galpão, onde ocorrerão as plenárias e a festa, rodeado por salas. Numa delas funcionará a secretaria do encontro e as outras servirão para os trabalhos de grupos, oficinas e reuniões.

O restaurante universitário da UnB (bandejão) será nosso local de almoço e jantar, ao custo de R$ 1,00/refeição. A compra de vales será feita no ato do Credenciamento. O restaurante fica noCampus,mas em local distante do Centro Comunitário. Por isso, a universidade está disponibilizando micro ônibus para os deslocamentos, mas em pouca quantidade. Assim, contaremos com a colaboração dos ônibus das caravanas estaduais.

O alojamento coletivo preparado pela comissão organizadora é no departamento de atletismo do Brasília Minas Tênis Clube, que fica em frente ao Centro Comunitário da UnB, setor de clubes sul. O alojamento é em cama beliche, em quartos para até 50 pessoas, com banheiros coletivos. É necessário trazer roupa de cama e banho. O Clube fornecerá café da amanhã ao custo de R$ 3,00. No caso de hospedagem individual, a comissão de infraestrutura preparou uma lista com indicação de pousadas e hotéis de baixo custo, disponível no sítio eletrônico da AMB. Há ainda a possibilidade de hospedagem solidária, em casa de companheiras feministas do Distrito Federal. Em qualquer das alternativas, a hospedagem individual deve ser organizada pela própria participante.

30 de Março de 2011 – Expressões do Feminismo da AMB
– Ato Político, das 14 às 17h, na rua, no Congresso Nacional.
– Ato com as delegações, das 20 às 22 h, no Alojamento Coletivo.

Fonte: Universidade Livre Feminista 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *