Escola de Londres alega que erradicou o bullying homofóbico ensinando história da homossexualidade

Divulgação.

A escola de ensino fundamental Stoke Newington, do Norte de Londres, adotou há 5 anos as aulas de História da Homossexualidade em seu currículo. Hoje o local pioneiro foi transformado em centro de capacitação para docentes para que ensinem o tema em outras escolas.

Com aulas sobre autores gays como Oscar Wilde, Alan Turing, e menções a produções artísticas de Andy Warhol e exibição do filme Priscilla, a Rainha do Deserto, a escola alega que conseguiu erradicar o preconceito e os maus tratos aos alunos homossexuais.

Para Elly Barnes, coordenadora do curso de diversidade, a chave do sucesso foi educar e celebrar. Para a educadora, seu foco é erradicar a homofobia das escolas e instituições de ensino, dando aos educadores confiança e materiais para isso, junto com boas práticas sob o lema “educar e celebrar”.

Porém a educadora diz que muitos professores tem medo de que os alunos os julgue como gays ou esperem que eles sejam homossexuais ao tratarem o tema. Para ela, o papel do professor é dar o assopro de conhecimento.

“Eu ouvia o termo gay sempre de forma pejorativa, hoje mal o ouço”, disse a professora ao jornal The Guardian. Um relatório da Comissão de Igualdade e Direitos Humanos do país afirmou que dois terços dos estudantes gays sofrem com o bullying e que 17% já sofreram ameaças de morte. Um estudo recente indicou que apenas um décimo dos professores afirmou ter recebido instruções de como reagir ao bullying homofóbico no país.

Fonte: Lado A.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *