China: Gays chineses são "obrigados" a constituir família com mulheres

“Estou procurando uma lésbica para ficar comigo e construir um lar” revela um dos alunos de uma academia de yoga em Shanghai em entrevista para o Msnbc.com via Slate.com. A declaração revela uma triste realidade na China: gays que são obrigados a se casar com lésbicas ou outras mulheres numa sociedade onde só em 1997 a homossexualidade deixou de ser crime e, em 2001, saiu da lista de doenças mentais.

“Na minha visão, um homem com 30 anos já deve pensar em ter uma família, mas dois homens não podem andar de mãos dadas na rua. Nós não podemos formar uma família” explica ele sobre a falta de alternativa para os homossexuais chineses que são, por causa dos padrões da sociedade, pressionados a se casar.

Um total de 25 milhões de gays se casaram com mulheres na China, segundo os dados da revista “Sábado”. Quando uma delas descobre que o marido é homossexual, permanece com ele, já que a separação seria vergonha maior.

Os dados do sexologista Li Yinhe, professor da Chinese Academy of Social Sciences, impressionam ainda mais. A pressão que o casamento heterossexual exerce na sociedade chinesa provoca o casamento de 80% da população gay com heterossexuais.

Outra pesquisa do professor Li Yinhe, feita em 2007, mostrou que apenas 7,5% dos chineses conhece uma pessoa gay e que 70% deles consideram a homossexualidade ainda uma coisa “pouco” ou “completamente” errada.

Fonte: Toda forma de amor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *