Casamento gay deverá ser vetado pelo Presidente de Portugal

De acordo com a Rádio Renascença o Presidente de Porgutal, Anibal Cavaco, deverá vetar a lei do casamento gay logo após a visita do Papa Bento XV, que ocorrerá no dia 11 de maio, na tentativa de melhorar a relação entre as duas partes.
O parlamento aprovou a lei em fevereiro e o Tribunal Constitucional decretou a não inconstitucionalidade do projeto no último dia 28. Assim, o Presidente de Portugal, Anibal Cavaco, tem agora 20 dias para sancionar ou vetar a lei do casamento gay. Uma fonte do gabinete do presidente afirmou que Cavaco ainda não se pronunciou sobre o assunto.
O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã afirma que o veto do presidente é um problema pequeno, já que “se o Presidente exercer o seu direito de veto político, o Parlamento no dia seguinte, naturalmente, votará a lei e a lei entrará em vigor” disse.

Para mais informações clique aqui

Foto: Bloco, via Creative Commons

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *