Cabeleireiro se nega a atender governadora que é contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo

O cabeleireiro Antonio Darden se recusou a prestar serviços à governadora do Novo México, Susana Martinez. O caso ganhou repercussão nos Estados Unidos nesta quinta-feira (23) pelo motivo da recusa: a governadora Susana Martinez se posiciona publicamente contra o avanço de direitos homossexuais.

“Eu acho que é uma questão de igualdade, dignidade para todos. Também penso que todos deveriam ser permitidos pela lei de casarem. Meu parceiro e eu estamos juntos há 15 anos”, falou Darden, disposto a lutar pela garantia de seus direitos mesmo que isso signifique perder uma cliente importante.

Além de ser contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a governadora defende que a Constituição dos Estados Unidos precisa de uma emenda que proíba tal ato. Em virtude disso, o cabeleireiro Daren, que já foi responsável por preparar o cabelo da governadora em três ocasiões diferentes, recusou o pedido da assessoria da política que requisitava uma quarta visita ao salão.

“Não tem muito tempo que os assessores da governadora ligaram querendo marcar uma nova visita ao meu salão. Por causa de suas posições e seus pontos de vista sobre o casamento gay, eu disse a seus assessores que não a atenderia. Ligaram no dia seguinte, perguntando se eu tinha mudado de ideia. Eu disse não novamente”, contou o cabeleireiro.

Fonte: Sul 21, com contribuições do  Uol e do ThinkProgress

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *