Brasil recebeu mais de 100 mil denúncias de crimes virtuais ligados à homofobia em 6 anos

A ONG Safernet, especializada em segurança na rede, fez um levantamento das denúncias de crimes na internet feitos no Brasil entre janeiro de 2006 e outubro de 2012. O resultou pode ser conferido no site da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos (res.safernet.org.br).

A página, que entra no ar essa semana, reúne estatísticas de sete entidades que possuem canais on-line para acusações anônimas de delitos contra os direitos humanos e dos animais. Foram computados os dados da Polícia Federal, Câmara, Senado, Secretaria de Direitos Humanos, Ministérios Públicos Federais de Minas Gerais e da Paraíba e da própria Safernet.

Em seis anos, internautas fizeram 3,1 milhões de denúncias para 463 mil páginas da rede (endereços únicos). Dessas, 3,4%, cerca de 105 mil, são referentes a homofobia. No topo do ranking está a pornografia infantil, que corresponde a 40,5% dos casos.

Tudo que é recebido pela central de denúncias passa por análise, automatizada e humana, até que se decida por uma investigação. “Boa parte são denúncias sem fundamento. Nem todas precisam ser investigadas”, explica Thiago Tavares, presidente da Safernet.

Fonte: A Capa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *