Brasil irá distribuir antiretroviral para prevenção ao HIV

O Ministério da Saúde anunciou, na última segunda-feira, 4 de outubro, que pessoas que mantiveram relações sexuais sem preservativos e correm o risco de infecção pelo HIV, o vírus caudador da aids, poderão solicitar medicamentos antirretrovirais como forma de prevenção.

Para ter acesso aos medicamentos, qualquer indivíduo deve procurar um dos 700 centros de referência no tratamento de HIV e Aids em até 72 horas após a relação sexual desprotegida, mas o ideal é que sejam duas horas.
Controle
Porém, o governo vai monitorar a demanda dos medicamentos, já distribuídos gratuitamente para soropositivos em tratamento. Antes da medida, que faz parte do documento Consenso Terapêutico, os remédios anti-HIV só eram utilizados de forma preventiva em casos de violência sexual ou médicos e profissionais da saúde que tivessem contato com sangue contaminado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *