Anthony Garotinho faz discurso homofóbico durante evento evangélico

O ex-Governador, Anthony Garotinho fez discurso homofóbico, atacou adversários e pediu votos durante um evento evangélico da chamada Caravana Palavra da Paz, no Rio de Janeiro.

Durante seu discurso, Garotinho desculpou-se por pedir votos a Sérgio Cabral. A necessidade do pedido veio por conseqüência de uma suposta traição do atual governador do Estado do Rio de Janeiro, que cancelou projetos como o Cheque Cidadão e o Programa do Leitinho, criados por Garotinho e que beneficiava pessoas de baixa renda.

Além disso, fomentou o preconceito contra os homossexuais quando alegou não saber que Cabral iria “Pegar o dinheiro do Estado para patrocinar passeata Gay” e ainda afirmou trata-se de algo “contra o povo de Deus”. O Grupo Arco-Íris divulgou nota de repúdio as declarações de Garotinho.

Leia a nota da Ong Arco-íris, de acordo com o site O Globo.

Foto: Divulgação

2 thoughts on “Anthony Garotinho faz discurso homofóbico durante evento evangélico

  1. “Pegar o dinheiro do Estado para patrocinar passeata Gay”
    CONCORDO
    acho que dinheiro do estado não deve ser usado para patrocinar nenhum tipo de passeata.

    COMO DISSE O PROPRIO FALECIDO CLODOVIL QUANDO INDAGADO SOBRE LEIS PARA OS HOMOSSEXUAIS
    "DIREITO PARA QUE? FAZER PASSEATA… NÃO ME ORGULHO DISSO"

  2. As Paradas são uma forma de dar visibilidade para uma minoria que foi, durante muito tempo invisibilizada. Esse invisibilidade acarretou a falta de políticas públicas para gays, lésbicas bissexuais, travestis e transexuais. Um descaso total do Estado. Tal fato acarretou os graves números de assassinatos de LGBT no Estado brasileiro. 198 crimes de ódio em 2009. Esses dados são reflexo da falta de políticas públicas. Ora, nada mais justo do que hoje o Estado incentivar as Paradas como uma forma de minimizar os crimes homofóbicos que são causados por décadas de descaso do próprio Estado. As Paradas mostram que estamos presentes na sociedade e que colaboramos para que a mesma cresça e se desenvolva. A democracia só existe com respeito e políticas públicas para as minorias. Democracia não é ditadura da maioria.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *