400 Barbies invadem Porto Alegre

Barbie vestida por Christian Dior, 1997

Não, não estamos falando de homens gays sarados, mas sim da boneca mesmo. É que a partir de hoje, 11 de março, até o próximo dia 3 de abril, Porto Alegre irá receber no Shopping Iguatemi, a mostra Museu Encantado Barbie, com 400 bonecas vestidas com tendências de moda que fizeram história.

Um dos maiores colecionadores da boneca no Brasil, o psicólogo paulista Carlos Keffer irá exibir ametade da sua coleção, trazendo, inclusive um exemplar da Barbie original, de 1959. 


A sua paixão começou há 15 anos, com o lançamento da linha Barbies inspiradas em personagens do cinema: “- A primeira que comprei homenageava Audrey Hepburn no musical My Fair Lady. Daí não parei mais.


Entre os modelos expostos estão, evidentemente, a Barbie nº 1, rainhas, princesas, donas de casa, mulhres de negócio, brancas, negras, orinetais e, principalmente, musas de estilistas internacionais. As Barbies vestidas por grandes nomes das passarelas estão entre as mais sofisticadas e raras.

A história da Barbie

Barbie foi criada em 1959 pela americana Ruth Handler, co-fundadora da fábrica de brinquedos Mattel, que percebeu que sua filha Bárbara, cujo apelido era Barbie, gostava de brincar com bonecas de papel, que trocavam de roupa. Até então, todas as bonecas tinham aparência de bebês e a de papel era uma das únicas que tinha a feição mais próxima de uma adolescente. Quando lançada, foi definida como a “modelo teenager vestida na última moda”. Hoje, Barbie é reconhecida como uma das marcas mais fortes de todos os tempos e ainda ícone fashion mundial.

Como toda diva, a partir dos anos 90, estilistas famosos vestiram a boneca em várias ocasiões. Fazem parte desse grupo nomes como Christian Dior, Chanel, Versace, Givenchy, Carolina Herrera, Donna Karan, Giorgio Armani e Alexandre Herchcovitch. Clássicos do cinema, teatro e TV também ganharam bonecas Barbie caracterizadas com seus personagens mais famosos, entre eles “Romeu e Julieta”, “O Mágico de Oz” e “Star Trek”, além de musas como Marilyn Monroe, Audrey Hepburn, Elizabeth Taylor e Vivien Leigh.

O estilo de vida da boneca, que já virou personalidade, sempre fez com que ela fosse popular entre crianças e adultos. Em 50 anos, ela já teve mais de 100 profissões, todas retratando aspectos da cultura e da sociedade de suas épocas. Alguns exemplos emblemáticos são a “Barbie astronauta” (1965), “Barbie médica cirurgiã” (1973), “Barbie negra” (1980) e “Barbie presidente dos EUA” (1992).

Serviço:
Museu Encantado de Barbie
De segunda a sábado, das 10h às 22h e domingos, das 11h30min às 22h.
Até 3 de abril.
Entrada Franca
Local: Praça Érico Veríssimo do Shopping Iguatemi (Av. João Wallig, 1.800).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *