Boaventura Souza Santos escreve sobre a emergência de um novo espaço público: a rua e a praça

Os jovens acampados no Rossio e nas praças de Espanha são os primeiros sinais da emergência de um novo espaço público – a rua e a praça – onde se discute o sequestro das atuais democracias pelos interesses de minorias poderosas e se apontam os caminhos da construção de democracias mais robustas, mais capazes de salvaguardar os interesses das maiorias. A importância da sua luta mede-se pela ira com que investem contra eles as forças conservadoras. O artigo é de Boaventura de Sousa Santos (foto) e se encontra na revista Carta Maior deste mês.

Se quiser ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *