Estudante de Santa Maria é preso por incitar violência na internet

Um estudante do curso de Engenharia Civil, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), foi preso pela Polícia Federal porque teria criado perfis homofóbicos e racistas na internet. O homem pregava em sua página no Orkut, a morte de mulheres, índios, judeus e homossexuais.

A detenção do estudante foi uma medida preventiva que pode ter evitado uma tragédia em instituição de ensino, como a que ocorreu no Rio de Janeiro. O suspeito, que possui 34 anos, seria introspectivo e era colecionador de armas. Conforme a polícia, ele teria escrito um livro conhecido como “A Bíblia Anti-humana”, além de já possuir processo na Justiça e antecedentes por disparo de arma de fogo em via pública.

Como o jovem possui um perfil potencialmente criminoso, a polícia conseguiu mandado de busca e apreensão em sua residência. Ele teria resistido à prisão ao ser abordado por oito agentes. Depois de detido e sedado, foi encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria e, no sábado, levado ao Instituto Psiquiátrico Forense, em Porto Alegre.

Fonte: Gaz

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *