“Greve de sexo” impede guerra nas Filipinas

As mulheres da ilha de Mindanao, um vilarejo no Sul das Filipinas, impediram uma guerra iminente de uma forma bastante estranha: decretaram uma greve de sexo caso os combates continuassem na região.

Segundo a a agência para refugiados da ONU, a tática funcionou. “A área está em uma cidade que é cenário de conflitos entre famílias e disputa por terras. A ideia veio das mulheres”, disse o representante da ONU nas Filipinas, Rico Salcedo.

A ameaça das mulheres surgiu quando um grupo de costureiras teve dificuldade de entregar a produção porque uma estrada estava bloqueada por homens armados. “Eu disse: se você for (pra guerra), não voltará mais para casa. Eu não vou aceitá-lo mais”, recordou a filipina.

Fonte: Agência Pavanews, com informações de ABS-CBN

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *