Estados Unidos: Senado do Tennessee aprova lei que proíbe professores de discutirem homossexualidade

A Comissão de Educação do Senado do Tennessee, nos EUA, aprovou uma lei que proíbe os professores de ensinarem a respeito da diversidade sexual aos alunos. A lei é válida para o ensino fundamental e médio.

A lei foi apresentada pelo senador republicano Stacey Campfield, que combate sistematicamente temas ligados à homossexualidade. Além de Campfield, a lei contou com o apoio de outro republicano, Jim Tracy, que argumentou que a atual legislação já proíbe o ensino de tal matéria antes da oitava série.

O projeto de lei propõe que seja criada uma comissão que investigue se professores estão falando sobre homossexualidade nas salas de aula. Mais radical, o senador Brian Kelsey, também republicano, pediu para que se coloque uma proibição explícita sobre o ensino a respeito da homossexualidade.

O texto da lei diz que a “escola pública não deve fornecer qualquer instrução ou material que aborde orientação sexual diferente da heterossexual”. Os defensores da lei disseram que cabe aos pais falar ou não sobre a homossexualidade, já os detratores do projeto disseram que essa atitude só vai inflacionar o preconceito contra gays e irá limitar os professores.

A lei deve ser votada no plenário do Senado ainda este semestre.

Fonte: A Capa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *