Hillary Clinton declara que tentou colocar os direitos LGBT em primeiro lugar na agenda externa do governo

Reprodução.

Hillary Clinton, secretária de Estado dos EUA, em entrevista à revista “Advocate”,  declarou que tentou colocar os direitos LGBT  como assunto principal da agenda externa do governo Obama. A secretária de Estado disse entender que há uma “crescente onda global de violência contra os homossexuais”, vale lembrar que Hillary é um das figuras à frente da campanha “It gets better”.

A publicação também conversou com Hillary a respeito da união civil homossexual, ela disse ser a favor da  partilha de bens e não do matrimônio igualitário. A representante do governo Obama acredita que tal assunto tem de ser debatido e discutido no Congresso. Apesar de um tanto conservadora no que diz respeito à união civil, a mulher mais poderosa dos Estados Unidos acredita que o governo do qual faz parte está fazendo um “trabalho positivo” ao pressionar os países que criminalizam a homossexualidade: “Nós colocamos a questão LGBT como uma das prioridades da agenda externa do governo Obama, e deixamos isso bem claro aos nossos embaixadores e outros líderes ao redor do mundo quais são as nossas intenções”, disse Hillary.

“Existe uma maré de violência global contra homossexuais e nós queremos nos tornar a liderança para enfrentar esses perigos e fazer com que lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros possam viver os seus cotidianos com segurança”, declarou.

Com informações: A Capa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *