Annette Bening é uma das atrizes indicadas ao Oscar de Melhor Atriz por personagem lésbica

Annette Bening (foto)será uma das atrizes que irá concorrer ao Oscar de Melhor Atriz este ano por sua interpretação como a personagem lésbica que deu à luz a um filho concebido por inseminação artifical, assim como sua companheira, vivido pela atriz Julianne Moore, que também foi mãe, da mesma forma e com o mesmo doador.

O filme concorre também na categoria de Melhor Roteiro original e de Melhor Ator Coadjuvante, através de  Mark Ruffino, que interpreta o doador de esperma dos filhos das duas mães.

Escrita por Cholodenko e Stuart Blumberg (“Tenha Fé”), “Minhas Mães e meus Pais” tem um olhar astuto sobre a família e a forma como pais e filhos se relacionam atualmente. Joni (Mia Wasikowska, de “Alice no País das Maravilhas”) acaba de completar 18 anos, é brilhante e vai para uma faculdade de prestígio. Seu irmão mais novo, Laser (Josh Hutcherson, “Viagem ao Centro da Terra”), é do tipo esportivo. É ele quem a convence a procurar a clínica de inseminação para descobrir a identidade do doador, ou seja, o pai dos dois.

“Minhas Mães e meu Pai” ganhou o prêmio Teddy, no Festival de Berlim, em fevereiro do ano passado – uma estatueta conferida ao melhor longa de temática gay. Cholodenko faz um retrato terno e engraçado de nosso tempo. Tempos em que o conceito de família recebe outras significações.

As outras atrizes indicadas na mesma categoria são Nicole Kidman, por Reencontrando a Felicidade, Jennifer Lawrence por Inverno da Alma, Natalie Portman por Cisne Negro e Michelle Williams por Namorados para Sempre.

Já a melhor ator coadjuvante concorrem também Jeremy Renner por Atração Perigosa, John Hawkes por Inverno da Alma, Christian Bale por O Vencedor e Geoffey Rush por o Discurso do Rei.

E na categoria Melhor Roteiro Original estão, além de Minhas Mães e meu Pai, os filmes Another Year, O Vencedor, A Origem e O Discurso do Rei.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *