Somos promove Cine-Debate com Tatiana Sager e Renato Dorneles sobre encarceramento de pessoas trans e travestis

18 de outubro de 2022

Ocorre neste domingo, 18 de julho, um Cine-Debate promovido pela ONG Somos – Comunicação, Saúde e Sexualidade, em parceria com a Falange Produções, sobre o encarceramento de pessoas trans e travestis no Brasil. Será transmitido o episódio “Trans e travestis nas prisões: Duplamente Segregadas”, capítulo da série Retratos do Cárcere, ainda inédita para o grande público. O episódio fala sobre a necessidade de garantir alas específicas dentro dos presídios brasileiros para a população LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) que vivem um cotidiano de dupla violação de direitos dentro das cadeias públicas. Além do aprisionamento, de não poder realizar tratamento hormonal, não ter acesso a exames médicos, essas pessoas são vítimas de agressões e abusos sexuais.

O evento será transmitido  por meio da plataforma Zoom e segue com uma mesa redonda, com Tatiana Sager e Renato Dorneles, diretora e diretor da série, Bárbara Coloniese, perita e Coordenadora Geral do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate a Tortura (MNPCT) e Caio Cesar Klein, advogado e Diretor Executivo da ONG Somos, com mediação de Gabriel Bandeira. A data escolhida para o evento é o Dia Internacional Nelson Mandela, efeméride internacional instituída pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em novembro de 2009, em alusão à  data de nascimento do líder sul-africano Nelson Mandela. 

A série Retratos do Cárcere é resultado de quatro anos de produção e centenas de horas de gravação dentro e fora das cadeias em quatro estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Todo esse universo, diretamente atrelado ao avanço do crime organizado no país, foi reunido em treze episódios de 26 minutos – cada um com um tema relacionado ao aprisionamento. Na tela, o público poderá conhecer os detalhes e o dia-a-dia das galerias divididas por facções, orientação sexual ou crimes cometidos pelos detentos, além do cotidiano de quem não foi condenado mas cumpre uma espécie de pena, como mães, filhos de presos e religiosos que frequentam o sistema.  

SERVIÇO:

O quê?
Cine-Debate com Tatiana Sager e Renato Dorneles sobre encarceramento de pessoas trans e travestis

Quando?
Domingo, 18 de julho 

Que horas?
19h

Como participar?
INSCREVA-SE PELO
FORMULÁRIO.

 

Crédito da imagen: Reprodução Falange Produções.