Prefeitura do Rio capacita travestis e transexuais em direitos humanos e cidadania

Onze travestis e transexuais concluíram ontem (26) no Rio de Janeiro um curso sobre direitos humanos, diversidade, cidadania e preconceito promovido pela prefeitura. Durante o curso, os alunos ainda fizeram estágios em organizações não governamentais (ONGs) e órgãos públicos.

O projeto Damas existe desde 2005 e já formou 160 travestis e transexuais, dos quais cerca de 30 trabalham hoje na própria prefeitura. Segundo o secretário municipal de Assistência Social, Rodrigo Betlhem, a ideia é capacitar, formar e fazer um processo de inclusão social de transexuais e travestis que, em geral, não têm acesso ao trabalho e por conta disso acabam se prostituindo.

Ele explica que o projeto está sendo modificado para atender mais pessoas. “O programa está sendo reestruturado e vai ser tocado em conjunto pela secretaria e pela Coordenadoria da Diversidade Sexual para podermos ter uma maior efetividade e um maior alcance desse programa.”

A travesti Suzy se formou na primeira turma e trabalha hoje na Secretaria Municipal de Assistência Social. “Eu fico muito orgulhosa por terem me contratado, isso serve para provar a outras [travestis] que estão na rua, para que elas procurem participar do projeto também.”

Na mesma cerimônia, ocorreu a formatura de ex-presidiários que participavam do projeto Agentes da Liberdade que certificou 12 homens. Com duração de três meses, o curso é voltado para egressos do sistema prisional. Assim como no Damas, os integrantes desta turma fizeram estágio em órgão públicos.

O ex-presidiário Gelson Pereira disse que o projeto foi muito importante para sua formação. “Hoje eu trabalho na prefeitura, sou auxiliar de serviços gerais e o que precisarem de mim eu faço”.

O secretário de Assistência Social destacou ainda que o desafio é quebrar o preconceito que existe em empresas privadas de abrir espaço para travestis, transexuais e ex-presidiários.

Fonte: EBC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *