Grandes espetáculos em cartaz na capital gaúcha

Neste final de semana temos três montagens que se destacam na cena gaúcha: Dois de Paus, que aborda com muito humor os conflitos de um relacionamento homoafetivo, de Paulo Guerra, que está em cartaz de sextas a domingos e encerra temporada no dia 12 de junho, no Teatro Hebraica; Ifigênia, de Luciano Alabarse, que está retornando hoje, 3 de junho, no Teatro Reanscença e segue até o dia 3 de julho e a estréia amanhã, 4 de junho, no Theatro São Pedro, de “A Mulher sem Pecado”, de Nélson Rodrigues, com direção de Caco Coelho. 
Dionatan Rosa e Guilherme Ferrêra, em Dois de Paus
Dois de Paus
De 6 de maio a 12 de junho – Teatro Hebraica
“Dois de Paus” é uma comédia romântica contemporânea, escrita de forma não linear, que conta a história de dois homens urbanos e afogados em seus deveres profissionais: Júlio é publicitário e Alex, fisioterapeuta. Os dois moram juntos, têm bom relacionamento com a família , com os amigos, são divertidos, bem-sucedidos , inteligentes e estão  apaixonados  um pelo outro.
 Suas vidas são transformadas  depois  de um contato casual via internet, da decisão de morarem juntos  e pelos conflitos do dia-a-dia do casal até o desfecho dois anos depois. É como um pot-pourri dos melhores e piores momentos desta intensa história de amor.
 O casamento gay, a adoção de crianças, a maior liberdade de expressão e demonstração pública de afeto são alguns dos temas abordados na peça apresentando um retrato mais verossímil de uma relação homoafetiva.
Serviço
Dois de Paus
De 6 de maio a 12 de junho – sextas e sábados às 21h e domingos às 20h
Teatro Hebraica (Rua Gal. João Telles, 508)
Ingresso: R$ 20,00 (Inteiro) R$ 16,00 (estudantes e Clube do Assinante ZH) R$ 10,00 (idosos)
Neste final de semana temos três montagens que se destacam na cena gaúcha: Dois de Paus, que aborda com muito humor os conflito de um relacionamento homoafetivo, de Paulo Guerra, que encerra temporada no dia 12 de junho, no Teatro Hebraica; Ifigênia, de Luciano Alabarse, que está retornando hoje, 3 de junho no Teatro Reanscença e segue até o dia 3 de julho e a estréia amanhã, 4 de junho, no Theatro São Pedro, de “A Mulher sem Pecado”, de Nélson Rodrigues, com direção de Caco Coelho
Marcelo Adams e Carlos Cunha, em Ifigênia

Ifigência em Áulis + Agamenon
De 3 de junho a 3 de julho – Teatro Reanscença
Nesta sexta, 3 de junho, retorna a cartaz o espetáculo Ifigênia em Áulis + Agamenon, de Luciano Alabarse, que está em cartaz no Teatro Renascença, de sextas a domingos até o dia 3 de julho.Nas sextas-feiras, após o espetáculo, terá sempre uma discussão sobre o clássico texto de Eurípedes, que conta os bastidores que levam os gregos à Guerra de Tróia. Promovido pela Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA), o debate terá a presença da psicanalista Ida Yoschpe Gus e do diretor do espetáculo Luciano Alabarse. A apresentação inicia-se às 21h e os debates ainda acontecerão nas sessões dos dias 10, 17 e 24 de junho e no dia 1º de julho, sempre nas sextas feiras. Os membros e convidados da SPPA terão 50% de desconto nos dias dos debates.

A peça conta a história do general Agamenon, que está dividido entre o dever de Estado – cumprir a ordem da deusa Ártemis, protetora da caça, que indignada por terem as tropas gregas caçado em território sagrado, exige o sacrifício de sua primogênita, Ifigênia, para conceder ventos à expedição de mil navios, que estão parados, impedidos de avançar – e seu amor paterno.

Serviço:

O quê: Ifigênia em Áulis + Agamenon, de Luciano Alabarse
Quando: De 3 de junho a 3 de julho, sextas e sábados às 21h e domingos às 20h
Onde: Teatro Renascença (Av. Erico Veríssimo, 307)
Luciano Malmann e Vanessa Garcia, em A mulher sem pecado
A Mulher sem pecado
Dias 4 e 5 de junho às 21h e dia 6 de junho às 18 horas – Theatro São Pedro
Com direção de Caco Coelho e Beto Russo, insere-se no ramo das peças psicológicas, acompanhada, por exemplo, de “Vestido de Noiva”, uma das obras-primas do dramaturgo pernambucano.
Um espetáculo que deseja mostrar a eternidade desta obra, porque retrata o homem na sua essência. Nele, vemos Olegário, um homem atormentado com os fantasmas e medos de sua imaginação doentia. Morre de ciúmes de sua mulher Lídia e desconfia de que está sendo traído. A situação piora quando Olegário finge estar paralítico, pois a todo instante atormenta a esposa com acusações ofensivas.
A trama está centrada nas interrogações de Olegário com seus empregados e com a própria mulher para encontrar supostos indícios da traição de Lídia. Mas isso é o bastante para Nelson expor os demônios que habitam a consciência humana em um texto complexo e habilidoso.
Esta produção marca o retorno aos palcos do ator Luciano Mallmann após sete anos. Luciano sofreu um acidente que o tornou usuário de cadeira de rodas. Seu retorno é justamente vivendo um personagem que finge ser cadeirante. Completam o elenco Vanessa Garcia como Lídia, Alexandre Farias, Pi Vieira, Bruno Fernandes, Sandra Alencar e Lurdes Eloy, em participação especial.
Um conjunto de profissionais, com experiência em diversos campos da arte, foi reunido para propor uma linguagem pós-contemporânea, que dispõe como elementos cênicos a convivência entre imagens virtualizadas e reais. Assim, as imagens em vídeo da atriz Vera Holtz, que interpreta Dona Aninha, foram realizadas por Alex Gabassi, na O2 Filmes, a principal produtora de cinema do país. Completam a ficha técnica, Vicente Saldanha na direção de arte e cenografia, Anelisa Teles no figurino, Fabrício Simões na iluminação, Edu Santos e Edo Portugal na direção musical. Produção executiva de Luccas Gonçalves e direção de produção de Luciano Mallmann.
No hall do Theatro São Pedro, durante a entrada do público, passa o vídeo “A Piada da V8”, cena extraída do texto, onde Olegário contracena com Zé Victor Castiel, com produção da Zeppelin Filmes. Patrocínio de Visual Áudio e Vídeo.
Serviço:
O que: A Mulher Sem Pecado, de Nelson Rodrigues.
Quando: 04 e 05 de junho de 2011, sábado às 21 horas e domingo, às 18 horas.
Onde: Theatro São Pedro (Praça Marechal Floriano, s/n° – fone 3227-5100).
Quanto: R$ 50,00 (platéia), R$ 40,00 (camarote central), R$ 30,00 (camarote lateral), R$ 20,00 (galerias central e lateral). Desconto de 20% Clube do Assinante ZH.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *