RS: gripe A circula, mas capital minimiza risco de epidemia

Após a confirmação dos dois primeiros casos de gripe suína em Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Saúde minimizou nesta quarta-feira a possibilidade de uma nova epidemia da doença, mas alertou que o vírus Influenza A (H1N1) já circula na cidade. No final da tarde de ontem, a Equipe de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis (EVDT) da capital gaúcha emitiu um alerta epidemiológico a todas as unidades de saúde do município.

Os pacientes que tiveram o diagnóstico da doença confirmado são uma menina de 12 anos – que sofre de uma deficiência imunológica após ser submetida a transplante de fígado -, moradora do bairro Jardim Verde, e uma mulher de 44 anos, moradora do bairro Floresta. Ambas já receberam alta e continuam seu tratamento em casa. Nenhuma havia se vacinado contra a gripe.

“Nós tivemos, desde o início do ano, 180 casos (da gripe suína) notificados em Porto Alegre, mas somente dois foram confirmados. Essas pacientes já tiveram alta, receberam tratamento com antiviral”, afirmou Anderson Araújo Lima, coordenador-geral de Vigilância em Saúde da secretaria. Lima, entretanto, não confirmou se as duas vítimas entraram em contato com o vírus na capital. “É difícil dizer onde foi, até em função das características de contágio do vírus”, disse.

O coordenador afirmou que, terminada a campanha de vacinação contra a gripe, o objetivo agora é concentrar os esforços no tratamento dos infectados. “Há disponibilidade do (antiviral) Tamiflu em toda a capital. Acredito que não tenhamos o risco de uma nova epidemia em Porto Alegre. A cidade está preparada para encarar a doença, nós conhecemos o vírus, sabemos como ele se comporta. Não acho que deva se repetir a mesma situação de 2009”, disse Lima, referindo-se ao ano do primeiro surto da gripe suína na cidade.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, a gripe suína já provocou seis mortes em todo o Estado desde o início do ano.

Com informações Terra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *