Versão do Viagra pode se tornar o que mais fatura entre genéricos

Fórmula pode se tornar maior faturamento do segmento do País

A Sildenafila, princípio ativo do Viagra, movimentou em setembro US$ 7 milhões, segundo a Pró Genéricos (associação da indústria). O volume é considerado expressivo, se levado em consideração o fato de o Viagra ter sido iniciado no mercado genérico há apenas três meses, com o vencimento da patente detida pela Pfizer.

Odnir Finotti, presidente do Pró Genéricos, afirmou que os genéricos representam hoje mais da metade da venda dos medicamentos do setor de disfunção erétil. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, se a tendência continuar, provavelmente a fórmula será um dos medicamentos de maior faturamento.

Se não for o primeiro, certamente estará muito perto. Outra droga, cuja patente recém expirada também pertencia à Pfizer, o genérico do Lípitor (Atorvastatina) já movimenta US$ 900 mil no mês. Entre os componentes usados no combate ao colesterol, a Sinvastativa é hoje um dos mais vendidos, mas deve perder espaço para a mais moderna Atorvastatina

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *