Tenho Direito de Ser quem Eu Sou

trans semanaNos dias 27, 28 e 29 de janeiro acontece uma programação de ações alusivas à Semana da Visibilidade Trans em Porto Alegre, numa parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde, PNUD e a ONG Igualdade RS.

As ações têm foco no compromisso no diálogo com a sociedade civil e na diminuição de discriminações de pessoas trans nos serviços de saúde, tendo por objetivo garantir o acesso e qualidade do atendimento da diversidade sexual. Neste sentido, incluímos na programação da Semana da Visibilidade Trans terá uma série de atividades realizadas em locais de serviços públicos de saúde.

Entre as ações, será relançado o Guia Diálogos para um atendimento qualificado em Saúde: População LGBT, produzido pelo SOMOS -Comunicação, Saúde e Sexualidade. O material informativo, lançado em 2011 ganha nova versão atualizada. Seu objetivo é subsidiar com informações claras e práticas, o trabalho de profissionais de saúde para as especificidades e demandas das população LGBT.

A programação faz parte das ações da iniciativa AIDS Tchê – Plano de Enfrentamento da Epidemia de HIV/AIDS na cidade de Porto Alegre, com ênfase em gays, HSHs, travestis, transexuais e mulheres, apoiado pelas agências das Nações Unidas.

Confira a programação completa:

27/01/2014

21h – Intervenção nos locais de trabalho sexual
Distribuição de insumos (preservativos e gel lubrificante) em reconhecidos locais onde as profissionais do sexo travestis e transexuais trabalham.
28/01/2014

Performance teatral com a atriz Evelyn Ligocki em duas Unidades de Saúde da Família (USF)
Atividade com interação entre atriz, profissionais de saúde e usuários/as presentes no momento da performance.
A apresentação será interativa e tem o objetivo de trazer elementos que possibilitem a problematização e discussão de questões relacionadas às dificuldades no atendimento às pessoas trans. Imediatamente após a performance haverá uma roda de conversa entre os/as presentes.
10h – USF Domênico Feoli.
15h – USF Santíssima Trindade.
Trans-diálogos
Na seqüência, as USFs Domênico Feoli e Santíssima Trindade receberão a visita de gestores/as, operadores/as de direito, parceiros/as (MS e PNUD) e integrantes do movimento social (lideranças nacionais e locais). O objetivo desta ação é fomentar um diálogo entre as pessoas trans e profissionais de saúde a fim de sensibilizar os últimos sobre questões referentes à abordagem, ao acolhimento e à garantia de acesso aos serviços.
29/01/2014

12h – Manifestação na Esquina Democrática
Integrantes da Igualdade-RS farão distribuição de materiais informativos para a população em geral.

14h – Mutirão nome civil
Será realizado debate sobre a alteração do nome civil entre autoridades, ativistas da Igualdade RS e Serviço de Atendimento Jurídico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (SAJU/UFRGS). Posteriormente haverá uma caminhada até o Fórum para oficializar a solicitação de troca de nome e sexo na certidão de nascimento.
Local: a confirmar

19h – Exposição Fotográfica “TRANS [Ver]” – Fotógrafo Fábio Rebelo
O corpo não determina necessariamente a expressão da identidade de gênero. Todos/as devem ser livres para moldá-lo, adaptá-lo e expressar a sua vivência interna. Neste projeto, o fotógrafo Fabio Rebelo retrata pessoas que provocam deslocamentos do olhar com suas modificações do corpo, das roupas e da postura, revelando outras formas de ser, que também merecem respeito.
Local: Pinacoteca da Associação dos Juízes do RS (AJURIS).
Rua Celeste Gobbato, 229 – Bairro Praia de Belas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *