PARCERIA CULTURAL ENTRE SOMOS E SESC/RS

 

SESC BAIXO NOVO

No mês de maio começa a maratona do 11º. Festival Palco Giratório Sesc/RS em Porto Alegre e nesta edição, o Sesc disponibilizou para o público do SOMOS  ingressos gratuitos para vários espetáculos especialmente selecionados. A ação tem como objetivo formar plateias críticas e sensíveis e diversificar, cada vez mais, a democratização e o acesso aos bens culturais.

Para participar, basta enviar um email com seu nome completo, telefone e espetáculo desejado, para cultura@somos.org.br com o título PROMOÇÃO SOMOS E FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO SESC/RS até o dia 29/04. Cada participante terá direito a 02 ingressos e poderá indicar até 02 espetáculos para assistir. A distribuição será feita conforme ordem de chegada dos emails, com possibilidade de lista suplência. Os/as participantes premiados serão comunicados até o dia 30/04, por email. Os ingressos deverão ser retirados, impreterivelmente, no dia 03/05, das 10h às 14h na sede do SOMOS (Rua dos Andradas, 1560, 6º andar – Centro).

Confira os espetáculos selecionados:

B’Day [Uready!?] | Dir: Luiz Manoel (RS)
Dia: 05/05 – 19h
Local: Sala Álvaro Moreyra (Av. Erico Verissimo, 307)
Classificação etária:14 anos | Duração: 65 min
Sinopse: B’Day é um show de caráter espetacular, que traz para a cena o “3otografí”. O ator parte do trabalho de um dos maiores ícones mundiais no assunto – Beyoncé Knowles. Os sucessos da Diva norte-americana ganham vida no palco,por meio de um alterego do próprio ator chamado “BeyTravesti”. Com essa figura híbrida, somada a uma banda ao vivo e a um corpo de dançarinos, o espetáculo questiona as fronteiras presentes na identidade de cada um. Música Pop? Travesti? Beyoncé? Teatro? Uready!?

Adaptação | Teatro de Açúcar (DF)
10/05 – 20h
Local: Sala Álvaro Moreyra (Av. Erico Verissimo, 307)
Classificação etária:10 anos | Duração: 60 min
Sinopse: O espetáculo conta a história de personagens num momento de adaptação como meio de sobrevivência: um diretor teatral frustrado,que não consegue sair de uma crise criativa, e decide mudar de profissão; uma atriz recém-chegada à cidade grande,que precisa se acostumar à solidão do novo estilo de vida; uma transexual,que adaptou seu corpo para poder seguir vivendo nele; um dinossauro, que não sabe se sobreviverá às adaptações da espécie. Todos estão unidos por um drama em comum: o medo de morrer, se transformar, deixar de existir… como se um escritor escrevesse ou adaptasse suas histórias, recriando, agregando e, o mais temível, eliminando personagens.

BR Trans | Coletivo Artístico As Travestidas (RS/CE)
11 e 12/05 – 19h
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Classificação etária: 16 anos | Duração: 70 min
Sinopse: Um processo cênico antropológico-autofágico-esquizofrênico traz à cena histórias sobre medo, solidão e morte. Histórias que se encontram e se confundem entre si e com a vida e as inquietações do ator. Recortes de vidas e vidas recortadas a partir de pesquisas e conversas com travestis, transformistas e transexuais de Porto Alegre, pelas ruas e casas de show. BR-TRANS é um trânsito de informações e de fatos reais. Um traço “brasil-trans” construído a partir da convergência e dos deslocamentos entre os pólos do Nordeste e do Sul do Brasil.

Até o Fim | Casa de Teatro de Porto Alegre (RS)
13/05 – 19h
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Classificação etária: 16 anos | Duração: 70 min
Sinopse: Dirigido por Zé Adão Barbosa, o espetáculo é uma espécie de comédia baseada nas memórias de João Carlos Castanha, que assina a autoria e sua própria atuação. Segundo Castanha , artista com mais de 30 anos de carreira, além de diversos espetáculos, filmes e prêmios no currículo, a peça é uma comédia sobre a morte que aborda a delicada relação entre um doente terminal e sua enfermeira, em meio a um quarto de hospital. O paciente é um artista que enfrenta sua doença com avassaladora coragem, enquanto ela é uma tímida e solitária mulher. Ela o protege, ele a liberta.

Castanha Remix | Dir. Gabriel Cevallos (RS)
14/05 – 19h
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Classificação etária: 18 anos | Duração: 45min
Sinopse: O espetáculo apresenta um experimento multimídia com o ator João Carlos Castanha, que reinterpreta e improvisa ao vivo partes do filme sobre sua própria vida, Castanha (2014), do cineasta gaúcho Davi Pretto.
O filme é projetado e reeditado em tempo real pelo artista multimídia Tomaz Klotzel, fazendo brotar no palco e na tela, uma nova narrativa, misturando camadas de representações da vida de Castanha.

Ao todo, a mostra reúne apresentações artísticas de 16 estados brasileiros, trazendo um recorte da cena cultural brasileira, como espetáculos teatrais – adulto e infantil, exposições de artes visuais, musicais e atividades formativas. Além de promover um intercâmbio de informações e conhecimentos entre os grupos, também há espaço para integração com os espectadores por meio de conversas e debates sobre o processo de criação no universo das artes cênicas.

Além das atividades artísticas, de 09 a 20 de maio, o festival promove o Seminário Práticas Políticas da Cena Contemporânea, com oito encontros dedicados a discussões diversas envolvendo temáticas como sexualidade, gênero e política, em seus cruzamentos na arte. A atividade é gratuita e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br .

A programação completa, com todos os espetáculos, datas e valores dos ingressos, pode ser conferida aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *