O livro "Retratos do Brasil Homossexual" será lançado em São Paulo

O livro Retratos do Brasil Homossexual: fronteiras, subjetividades e desejos é uma coletânea de ensaios resultantes do IV Congresso da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH), realizado na Universidade de São Paulo, em 2008.

Trata-se das mais atuais e relevantes questões discutidas na universidade brasileira, no campo dos estudos LGBT, da diversidade sexual e de gênero. A ABEH, fundada em 2001 (Niterói, Rio de Janeiro), se caracteriza por reunir, a cada dois anos, pesquisadores interessados no tema da Homocultura e de suas diversidades.

O volume conta com cerca de 96 textos e divide-se, dentre outras partes, na relação da Homocultura com os direitos humanos, literatura, universo transexual, políticas da identidade, precedidas do discurso de abertura, proferido por Horácio Costa, então presidente da ABEH e um dos organizadores do livro, juntamente com Berenice Bento, Emerson Inácio, William Peres e Wilton Garcia.

Como em “Retratos do Brasil”, de Caio Prado, aqui estão os elementos que compõem a brasilidade e o brasileiro, mas, também as subjetividades e identidades que estão em consonância ou em confronto quando se fala das representações da diversidade sexual. Não só um retrato em preto e branco, da tristeza do brasileiro e de sua cultura, como fizera Caio Prado,, mas a imagem colorida – e em cores fortes – das questões da população LGBTT e de sua urgência cultural, política, artística e social. Ainda mais se considerarmos que, via de regra, e o livro seminal de Prado não foi exceção, a experiência homossexual não recebeu um olhar adequado, produzido por um esforço hermenêutico coletivo, ao longo do século XX.

Esta publicação consolida o desenvolvimento, no Brasil, das pesquisas que tematizam a diversidade sexual, assim como aponta, já em seu título, para outros retratos sócio-político-culturais ainda em processo.

O lançamento da obra ocorrerá no próximo dia 4 de dezembro em São Paulo, na Casa das Rosas(Av. Paulista, 37) a partir das 16h.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *