O beijo que não se viu no Oscar

Durante a entrega de prêmios, a rede ABC não transmitiu o beijo entre Javier Bardem e Josh Brolin.
Os dois atores surgiram no cenário para entregar dois prêmios ao Oscar. Ambos vestidos com o mesmo figurino: um traje branco e justo, depois dançaram, e em seguida, se beijaram na boca.

Mas, infelizmente, ninguém viu. Javier Bardem e Josh Brolin, que foram companheiros no filme “Este país não é para velhos”, surgiram no cenário para dar os prêmios de Melhor Roteiro Original e Melhor Roteiro Adaptado e decidiram demonstrar o afeto que eles têm um pelo outro, mas a rede ABC ocultou a imagem.

No momento do beijo, que apenas foi um leve toque de lábios contra lábios, as câmaras decidiram enfocar o rosto sorridente de Penélope Cruz, que olhava divertida o casal no cenário. Mas no dia seguinte a foto do beijo apareceu no site AfterElton.com que aborda cultura pop e notícias de espetáculos. A omissão só foi possível porque a transmissão é feita com 7 segundos de atraso, justamente para poder fazer esse tipo de corte ou corrigir algo que dê errado ou que fuja do script.

Num primeiro momento foram pedidas explicações à ABC, mas a rede se recusou a dar maiores informações. Quem tem dado a voz de alerta foi o site AfterElton através de um espectador espanhol, José Manuel Pinzones, que crê que se trata de “um ato homofóbico, e, portanto, invisível, pois se tivesse ocorrido com outra minoria teria explodido na cara”, afirmou.

Os beijos entre pessoas do mesmo sexo são habituais nas galas de entrega de prêmios. Um dos mais comentados foi o de Madonna com a cantora Christina Aguilera e Britney Spears numa entrega de prêmios da MTV, há quase oito anos. Em janeiro do ano passado, Sandra Bullock beijou Meryl Streep, e meses mais tarde, a Scarlett Johansson . Nos prêmios Goya é, ainda, mais habitual. Em uma das premiações, Alejo Sauras tascou um beijo em Hugo Silva e nem por isso a cena foi cortada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *