Festival CLOSE inicia na próxima semana

O CLOSE – Festival Nacional de Cinema da Diversidade Sexual acontece do 03 a 08 de dezembro, em exibições no Cinebancários  (Rua General Câmara, 424 – Centro) e no Museu dos Direitos Humanos do Mercosul (Rua General Câmara, 424 – Centro). O evento é uma co-realização da Avante Filmes, SOMOS – Comunicação, Saúde e Sexualidade e Museu dos Direitos Humanos do Mercosul.

Abordando a diversidade sexual e sendo um dos festivais temáticos que mais leva público às salas de cinema em Porto Alegre, o CLOSE ampliado sua programação ano a ano, valorizando para além das abordagens temáticas, a qualidade artística das obras exibidas.

A programação da Mostra Panorama, com curadoria dos cineastas Filipe Matzembacher, Germano de Oliveira e Marcio Reolon, se concentra na alta produção nacional de filmes temáticos sobre Diversidade Sexual, com destaques para produções de longas como Doce Amianto, apresentado em sessão especial promovida pelo CLOSE + Cine Esquema Novo em parceria com a Vitrine Filmes, de Guto Parente e Uirá dos Reis e Pinta, de Jorge Alencar. Assim como produções ligadas à memória e à valorização de figuras, espaços e lugares representativos para a cultura LGBT também são destaques nesta edição, como o filme Joshua Tree, 1951 – A Portrait of James Dean, de Matthew Mishory, sobre a vida de James Dean e documentais como e os filmes De Volta à Pauliceia Desvairada e São Paulo em HI-FI, de Lufe Steffen, sobre a cena LGBT paulista na atualidade e em décadas passadas, respectivamente.

A programação ainda conta com a Mostra Competitiva, apresentando 10 filmes brasileiros de curta-metragem, selecionados pelo crítico de cinema Marcus Mello, concorrendo a premiações em 11 categorias. Mello assina também a seleção da mostra Paralela.

A mostra Cinema Social, organizada por Sandro Ka, apresenta uma seleção de filmes relacionados ao Coletivo Artístico As Travestidas (Fortaleza/CE), com filmes produzidos pelo grupo e por outros cineastas, a partir de seu universo criativo.

A sessão de abertura acontece no dia 03 de dezembro, terça-feira, às 19h30min, no Cinebancários, com a exibição às 20h, do longa gaúcho Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes, de Bruno Polidoro e Cacá Nazário, sobre a vida e obra do escritor Caio Fernando Abreu.

Todas as atividades são gratuitas, com distribuição de senhas a partir de uma hora antes de cada sessão. A programação completa pode ser conferida em breve no site do evento www.somos.org.br/close e na fanpage www.facebook.com/festivalclose.

Confira alguns destaques da programação:

SOBRE SETE ONDAS VERDES ESPUMANTES
Sobre sete ondas verdes espumantesLANÇAMENTO: 2013
INÉDITO EM PORTO ALEGRE
DIREÇÃO: BRUNO POLIDORO E CACÁ NAZÁRIO
Filme gaúcho inédito ainda na capital, estreou no festival É Tudo Verdade e já foi exibido em eventos como o Mix Brasil e Festival de Cinema de Gramado. Através de figuras e sensações relacionadas à vida e obra de Caio F. Abreu, os realizadores criam um sentido de relações e sentimentos sobre a produção e trajetória do escritor.

CINCO MANEIRAS DE FECHAR OS OLHOS
cinco maneiras 6LANÇAMENTO: 2013
DIREÇÃO COLETIVA
Produzido pela PUC-RS, é o primeiro trabalho de conclusão de curso, de longa-duração realizado inteiramente dentro de uma disciplina. Sua estreia em festivais foi no 41º Festival de Cinema de Gramado. Narra a história de 4 pessoas após a notícia da morte de uma jovem. Os diretores estarão presentes.

TOMADA ÚNICA: DESBUNDE
Delete DeleiteLANÇAMENTO: 2013
DIREÇÃO COLETIVA
Grupo de curtas-metragens rodados em super 8, que abordam o desbunde sexual, a pele e os desejos. Os trabalhos são assinados por realizadores renomados em festivais internacionais como Hilton Lacerda (Tatuagem), Anita Rocha da Silveira (Os Mortos-Vivos), Gustavo Vinagre (Filme para poeta cego), dentre outros.

DE VOLTA À PAULICEIA DESVAIRADA
pauliceia11LANÇAMENTO: 2012
DIREÇÃO: LUFE STEFFEN
O documentário explora a noite paulista de hoje, em suas diferenças, intersecções e peculiaridades.

SÃO PAULO EM HI-FI
hifi08LANÇAMENTO: 2013
DIREÇÃO: LUFE STEFFEN
O documentário resgata a noite gay paulistana dos anos 60, 70 e 80.

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS
filme poeta cego10 trabalhos produzidos a partir de 2012 disputam 9 prêmio nesta mostra. Os realizadores estarão presentes.

PANORAMA DE CURTAS NACIONAIS CONVIDADOS
sapatos-de-aristeuUma seleção que valoriza os títulos nacionais de curta duração que foram pouco exibidos em território gaúcho, traz os títulos: Os Sapatos de Aristeu (René Guerra, 2008); Através (Amina Jorge, 2012); Café com Leite (Daniel Ribeiro, 2007); Máscara Negra (René Brasil, 2011).

PANORAMA DE CURTAS INTERNACIONAIS CONVIDADOS
Julian By Antonio da Silva (03)
Diversos curtas-metragens internacionais foram selecionados para estas sessões. Destacam-se o trabalho vencedor do prêmio Teddy Award, do Festival de Berlin e as realizações do premiado português Antônio da Silva.

CLOSE + CINE ESQUEMA NOVO, EM PARCERIA VITRINE FILMES APRESENTAM: DOCE AMIANTO
AMIANTO_STILL_ALTA_06ANO DE LANÇAMENTO: 2013
ESTREIA NO RS
DIREÇÃO: GUTO PARENTE E UIRÁ DOS REIS
Narra a superação amorosa de Amianto, que encontra em uma fada madrinha a possibilidade de tornar-se feliz novamente. O filme foi exibido em festivais como a Mostra de Cinema de Tiradentes e Janela Internacional de Cinema do Recife.

JOSHUA TREE, 1951 – A PORTRAIT OF JAMES DEAN
Joshua-Tree-1951-4ANO DE LANÇAMENTO: 2012
ESTREIA NO RS
DIREÇÃO: MATTHEW MISHORY
Longa-metragem que circulou em festivais como Festival Internacional de Cine en Guadalajara, Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro, Seatle International Film Festival, dentre outros. Retrato íntima da vida de James Dean, percorre por momentos biográficos e ficcionais, revelando novos olhares sobre uma das figuras mais míticas do cinema.

PINTA
Pinta02ANO DE LANÇAMENTO: 2013
ESTREIA NO RS
DIREÇÃO: JORGE ALENCAR
Uma explosão de sexualidade, gêneros e performances. O longa-metragem de estreia do ator e realizador cinematográfico Jorge Alencar já foi exibido na Semana dos Realizadores e no Panorama Internacional Coisa de Cinema, sendo agraciado com o prêmio IndieLisboa.

Da Redação.